Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 92

Texto(s) da Bíblia

O grande julgamento

31— Quando o Filho do Homem vier na sua majestade e todos os anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória. 32Todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos: 33porá as ovelhas à sua direita e os cabritos, à sua esquerda.

34— Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: “Venham, benditos de meu Pai! Venham herdar o Reino que está preparado para vocês desde a fundação do mundo. 35Porque tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; eu era forasteiro, e vocês me hospedaram; 36eu estava nu, e vocês me vestiram; enfermo, e me visitaram; preso, e foram me ver.”

37— Então os justos perguntarão: “Quando foi que vimos o senhor com fome e lhe demos de comer? Ou com sede e lhe demos de beber? 38E quando foi que vimos o senhor como forasteiro e o hospedamos? Ou nu e o vestimos? 39E quando foi que vimos o senhor enfermo ou preso e fomos visitá-lo?”

40— O Rei, respondendo, lhes dirá: “Em verdade lhes digo que, sempre que o fizeram a um destes meus pequeninos irmãos, foi a mim que o fizeram.”

41— Então o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: “Afastem-se de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos. 42Porque tive fome, e vocês não me deram de comer; tive sede, e vocês não me deram de beber; 43sendo forasteiro, vocês não me hospedaram; estando nu, vocês não me vestiram; achando-me enfermo e preso, vocês não foram me ver.”

44— E eles lhe perguntarão: “Quando foi que vimos o senhor com fome, com sede, forasteiro, nu, enfermo ou preso e não o socorremos?”

45— Então o Rei responderá: “Em verdade lhes digo que, sempre que o deixaram de fazer a um destes mais pequeninos, foi a mim que o deixaram de fazer.” 46E estes irão para o castigo eterno, porém os justos irão para a vida eterna.

Mateus 25:31-46NAAAbrir na Bíblia

As tribos que ficaram a leste do rio Jordão

Dt 3.12-22

1Os filhos de Rúben e os filhos de Gade tinham muito gado. Quando viram a terra de Jazer e a terra de Gileade, que eram boas para a criação de gado, 2os filhos de Gade e os filhos de Rúben foram falar com Moisés, com o sacerdote Eleazar, e com os chefes da congregação. Disseram:

3— Atarote, Dibom, Jazer, Ninra, Hesbom, Eleale, Sebã, Nebo e Beom, 4a terra que o Senhor subjugou diante da congregação de Israel é terra de gado; e estes seus servos têm gado.

5Disseram mais:

— Se encontramos favor aos seus olhos, permita que a posse desta terra seja dada a estes seus servos; e não nos faça passar o Jordão.

6Porém Moisés disse aos filhos de Gade e aos filhos de Rúben:

— Então os irmãos de vocês irão à guerra, enquanto vocês ficam aqui? 7Por que vocês querem desanimar os filhos de Israel, para que não entrem na terra que o Senhor lhes deu? 8Assim fizeram os pais de vocês, quando os enviei de Cades-Barneia para ver esta terra. 9Eles chegaram até o vale de Escol e, vendo a terra, desanimaram os filhos de Israel, para que não entrassem na terra que o Senhor lhes tinha dado. 10Então a ira do Senhor se acendeu naquele mesmo dia, e ele jurou, dizendo: 11“Porque não me seguiram com fidelidade, é certo que os homens que saíram do Egito, de vinte anos para cima, não verão a terra que prometi com juramento a Abraão, a Isaque e a Jacó. 12Somente Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, e Josué, filho de Num, verão a terra, porque seguiram o Senhor com fidelidade.” 13Por isso a ira do Senhor se acendeu contra Israel, e ele os fez andar errantes pelo deserto durante quarenta anos, até que se consumiu toda a geração que havia feito o que era mau aos olhos do Senhor. 14E agora vocês, geração de pecadores, se levantaram em lugar de seus pais, para aumentar ainda mais o furor da ira do Senhor contra Israel. 15Se vocês não quiserem segui-lo, também ele deixará todo o povo novamente no deserto, e vocês serão a causa da ruína deste povo.

16Então os filhos de Gade e os filhos de Rúben se aproximaram de Moisés e lhe disseram:

— Edificaremos currais aqui para o nosso gado e cidades para as nossas crianças. 17Mas nós nos armaremos e vamos para a guerra adiante dos filhos de Israel, até que os tenhamos levado ao seu lugar. Porém as nossas crianças ficarão nas cidades fortificadas, por causa dos moradores da terra. 18Não voltaremos para nossas casas até que os filhos de Israel estejam de posse, cada um, da sua herança. 19Porque não herdaremos com eles do outro lado do Jordão, nem mais adiante, porque já temos a nossa herança deste lado do Jordão, ao leste.

20Então Moisés lhes disse:

— Se vocês fizerem isso, se vocês se armarem para a guerra diante do Senhor, 21e cada um de vocês, armado, passar o Jordão diante do Senhor, até que ele tenha expulsado os seus inimigos de diante dele, 22e a terra estiver subjugada diante do Senhor, então vocês poderão voltar e estarão desobrigados diante do Senhor e diante de Israel; e a posse desta terra será de vocês diante do Senhor. 23Porém, se vocês não fizerem isso, estarão pecando contra o Senhor. E fiquem sabendo que esse pecado certamente os encontrará. 24Construam cidades para os seus filhos e currais para as suas ovelhas; e cumpram o que vocês prometeram.

25Então os filhos de Gade e os filhos de Rúben disseram a Moisés:

— Nós, seus servos, faremos o que nos foi ordenado. 26Nossas crianças, nossas mulheres, nossos rebanhos e todos os nossos animais estarão aí nas cidades de Gileade, 27mas estes seus servos passarão para o outro lado, cada um armado para a guerra, diante do Senhor Deus, como nos está sendo ordenado.

28Então Moisés deu ordem a respeito deles ao sacerdote Eleazar, a Josué, filho de Num, e aos chefes das casas dos pais das tribos dos filhos de Israel. 29Moisés lhes disse:

— Se os filhos de Gade e os filhos de Rúben passarem o Jordão com vocês, cada um armado para a guerra, diante do Senhor, e a terra estiver subjugada diante de vocês, então deem a eles a posse da terra de Gileade. 30Mas, se eles não passarem, armados, com vocês, terão a parte deles entre vocês na terra de Canaã.

31Os filhos de Gade e os filhos de Rúben responderam:

— O que o Senhor Deus disse a estes seus servos, isso faremos. 32Passaremos, armados, diante do Senhor à terra de Canaã e teremos a posse de nossa herança deste lado do Jordão.

33Moisés deu aos filhos de Gade, aos filhos de Rúben e à meia tribo de Manassés, filho de José, o reino de Seom, rei dos amorreus, e o reino de Ogue, rei de Basã: a terra com as cidades e seus distritos, as cidades em toda a extensão do país. 34Os filhos de Gade edificaram Dibom, Atarote e Aroer; 35Atarote-Sofã, Jazer e Jogbeá; 36Bete-Ninra e Bete-Harã, cidades fortificadas, e currais de ovelhas. 37Os filhos de Rúben edificaram Hesbom, Eleale e Quiriataim; 38Nebo e Baal-Meom, mudando-lhes o nome, e Sibma; e deram outros nomes às cidades que edificaram. 39Os filhos de Maquir, filho de Manassés, foram para Gileade, a tomaram e expulsaram os amorreus que estavam nela. 40Portanto, Moisés deu Gileade a Maquir, filho de Manassés, o qual habitou nela. 41Jair, filho de Manassés, foi e conquistou as aldeias dos amorreus; e deu-lhes o nome de Havote-Jair. 42Noba foi e conquistou Quenate com as suas aldeias; e chamou-lhe Noba, que era o seu próprio nome.

Números 32NAAAbrir na Bíblia

As fronteiras da terra

1O Senhor disse a Moisés:

2— Ordene aos filhos de Israel e diga-lhes: Quando vocês entrarem em Canaã, esta será a terra que lhes cairá em herança: a terra de Canaã, segundo as suas fronteiras.

3— A região sul irá desde o deserto de Zim até a fronteira de Edom; e a fronteira do sul irá desde a extremidade do mar Salgado para o lado leste. 4Esta fronteira irá rodeando do sul para a subida de Acrabim e passará até Zim; e as suas saídas serão do sul a Cades-Barneia; e sairá a Hazar-Adar e passará a Azmom. 5Depois esta fronteira rodeará de Azmom até o ribeiro do Egito; e as suas saídas serão para o lado do mar.

6— Por fronteira do oeste vocês terão o mar Grande; esta será a fronteira do oeste.

7— Esta será a fronteira do norte: marquem a fronteira desde o mar Grande até o monte Hor. 8Marquem a fronteira desde o monte Hor até a entrada de Hamate; e as saídas desta fronteira serão até Zedade; 9dali, seguirá até Zifrom, e as suas saídas serão em Hazar-Enã. Esta será para vocês a fronteira norte.

10— E, por fronteira do lado leste, marquem a fronteira de Hazar-Enã até Sefã. 11A fronteira descerá desde Sefã até Ribla, para o lado leste de Aim; depois, a fronteira descerá e irá ao longo da borda do mar de Quinerete para o lado leste; 12descerá ainda ao longo do Jordão, e as suas saídas serão no mar Salgado. Esta será a terra de vocês, com as suas fronteiras ao redor.

13Moisés deu ordem aos filhos de Israel, dizendo:

— Esta é a terra que vocês herdarão por sorteio, a qual o Senhor mandou dar às nove tribos e meia. 14Porque a tribo dos filhos dos rubenitas, segundo a casa de seus pais, e a tribo dos filhos dos gaditas, segundo a casa de seus pais, já receberam a sua herança; também a meia tribo de Manassés já recebeu a sua herança. 15Estas duas tribos e meia receberam a sua herança deste lado do Jordão, na altura de Jericó, do lado leste.

Os homens que devem repartir a terra

16O Senhor disse a Moisés:

17— São estes os nomes dos homens que repartirão a terra para vocês por herança: Eleazar, o sacerdote, e Josué, filho de Num. 18Escolham ainda um chefe de cada tribo, para repartir a terra em herança. 19São estes os nomes dos homens: da tribo de Judá, Calebe, filho de Jefoné; 20da tribo dos filhos de Simeão, Samuel, filho de Amiúde; 21da tribo de Benjamim, Elidade, filho de Quislom; 22da tribo dos filhos de Dã, o chefe Buqui, filho de Jogli; 23dos filhos de José, da tribo dos filhos de Manassés, o chefe Haniel, filho de Éfode; 24da tribo dos filhos de Efraim, o chefe Quemuel, filho de Siftã; 25da tribo dos filhos de Zebulom, o chefe Elizafã, filho de Parnaque; 26da tribo dos filhos de Issacar, o chefe Paltiel, filho de Azã; 27da tribo dos filhos de Aser, o chefe Aiude, filho de Selomi; 28da tribo dos filhos de Naftali, o chefe Pedael, filho de Amiúde.

29A estes o Senhor ordenou que repartissem a herança entre os filhos de Israel, na terra de Canaã.

Números 34NAAAbrir na Bíblia

A segunda prova de Jó

1Num dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se diante do Senhor, veio também Satanás entre eles apresentar-se diante do Senhor. 2Então o Senhor perguntou a Satanás:

— De onde você vem?

Satanás respondeu ao Senhor:

— De rodear a terra e passear por ela.

3E o Senhor disse a Satanás:

— Você reparou no meu servo Jó? Não há ninguém como ele na terra. Ele é um homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal. Ele ainda conserva a sua integridade, embora você me incitasse contra ele, para destruí-lo sem motivo.

4Então Satanás respondeu ao Senhor:

— Pele por pele! Um homem é capaz de dar tudo o que tem pela sua vida. 5Mas estende a tua mão e toca nos ossos e na carne dele, para ver se ele não blasfema contra ti na tua face.

6Então o Senhor disse a Satanás:

— Você pode fazer com ele o que quiser; mas poupe-lhe a vida.

7Então Satanás saiu da presença do Senhor e feriu Jó com tumores malignos, desde a planta do pé até o alto da cabeça.

8Jó, sentado em cinza, pegou um caco de barro para com ele raspar as feridas. 9Então a mulher dele disse:

— Você ainda conserva a sua integridade? Amaldiçoe a Deus e morra!

10Mas Jó respondeu:

— Você fala como uma doida. Temos recebido de Deus o bem; por que não receberíamos também o mal?

Em tudo isto Jó não pecou com os seus lábios.

A visita dos amigos

11Quando três amigos de Jó ouviram que todo este mal havia caído sobre ele, vieram, cada um do seu lugar: Elifaz, o temanita, Bildade, o suíta, e Zofar, o naamatita. Tinham combinado ir juntos condoer-se dele e consolá-lo. 12De longe eles levantaram os olhos e não o reconheceram. Então ergueram a voz e choraram. E cada um, rasgando o seu manto, lançava pó ao ar sobre a cabeça. 13Sentaram-se com ele no chão durante sete dias e sete noites. E ninguém lhe disse uma só palavra, pois viam que a dor era muito grande.

Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.8
SIGA A SBB: