Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 90

Texto(s) da Bíblia

A parábola da figueira

32— Aprendam a parábola da figueira: quando já os seus ramos se renovam e as folhas brotam, vocês sabem que o verão está próximo. 33Assim, também vocês, quando virem todas estas coisas, saibam que está próximo, às portas. 34Em verdade lhes digo que não passará esta geração sem que tudo isto aconteça. 35Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão.

Exortação à vigilância

36— Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai. 37Pois assim como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do Homem. 38Pois assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, 39e não o perceberam, até que veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem. 40Então dois estarão no campo: um será levado, e o outro será deixado; 41duas mulheres estarão trabalhando num moinho: uma será levada, e a outra será deixada.

42— Portanto, vigiem, porque vocês não sabem em que dia virá o Senhor de vocês. 43Porém, considerem isto: se o pai de família soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. 44Por isso, estejam também vocês preparados, porque o Filho do Homem virá à hora em que vocês menos esperam.

A parábola do servo fiel e do servo mau

45— Quem é, pois, o servo fiel e prudente, a quem o senhor deixou encarregado dos demais servos, para lhes dar o sustento a seu tempo? 46Bem-aventurado aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim. 47Em verdade lhes digo que lhe confiará todos os seus bens. 48Mas o que acontecerá se aquele servo, sendo mau, disser consigo mesmo: “Meu senhor demora para vir”, 49e começar a espancar os seus companheiros e a comer e beber com os bêbados? 50Virá o senhor daquele servo, em dia em que não o espera e em hora que não sabe, 51e irá aplicar-lhe um castigo severo, condenando-o com os hipócritas. Ali haverá choro e ranger de dentes.

Mateus 24:32-51NAAAbrir na Bíblia

Ofertas contínuas

Êx 29.38-42

1O Senhor disse a Moisés:

2— Ordene aos filhos de Israel e diga-lhes: Tenham cuidado da minha oferta, do meu alimento para as minhas ofertas queimadas, do aroma agradável, para me trazer essas ofertas no tempo determinado.

3— Diga aos filhos de Israel: Esta é a oferta queimada que vocês devem oferecer ao Senhor, dia após dia: dois cordeiros de um ano, sem defeito, em holocausto contínuo. 4Um cordeiro será oferecido de manhã, e o outro, ao crepúsculo da tarde, 5junto com dois litros da melhor farinha, em oferta de cereais, amassada com um litro de azeite batido. 6É holocausto contínuo que foi instituído no monte Sinai, de aroma agradável, oferta queimada ao Senhor. 7A libação que acompanha o holocausto será um litro para cada cordeiro. E esta libação de bebida forte ao Senhor será oferecida no santuário. 8O outro cordeiro você oferecerá no crepúsculo da tarde. Como a oferta de cereais da manhã e como a libação que a acompanha, você o trará em oferta queimada de aroma agradável ao Senhor.

Ofertas dos sábados

9— No dia de sábado, ofereçam dois cordeiros de um ano, sem defeito, e quatro litros da melhor farinha, amassada com azeite, em oferta de cereais, e a libação que a acompanha. 10Este é o holocausto de cada sábado, além do holocausto contínuo e a libação que o acompanha.

Ofertas da Festa da Lua Nova

11— No princípio de cada mês, ofereçam em holocausto ao Senhor dois novilhos e um carneiro, sete cordeiros de um ano, sem defeito, 12e seis litros da melhor farinha, amassada com azeite, em oferta de cereais, para um novilho; quatro litros da melhor farinha, amassada com azeite, em oferta de cereais, para um carneiro; 13e dois litros da melhor farinha, amassada com azeite, em oferta de cereais, para um cordeiro; é holocausto de aroma agradável, oferta queimada ao Senhor. 14As libações que acompanham serão dois litros de vinho para um novilho, um litro e meio para um carneiro, e um litro para um cordeiro. Este é o holocausto da lua nova de cada mês, para todos os meses do ano. 15Também se trará um bode como oferta pelo pecado, ao Senhor, além do holocausto contínuo, com a libação que o acompanha.

Ofertas da Festa da Páscoa e da Festa dos Pães sem Fermento

Êx 12.1-13; Lv 23.5-8; Dt 16.1-2

16— No primeiro mês, aos catorze dias do mês, é a Páscoa do Senhor. 17Aos quinze dias do mesmo mês, haverá festa; sete dias se comerão pães sem fermento. 18No primeiro dia, haverá santa convocação; não façam nenhum trabalho nesse dia, 19mas apresentem uma oferta queimada em holocausto ao Senhor, dois novilhos, um carneiro e sete cordeiros de um ano, todos sem defeito. 20A oferta de cereais que acompanha o holocausto será a melhor farinha, amassada com azeite. Ofereçam seis quilos da melhor farinha para um novilho e quatro quilos para um carneiro. 21Para cada um dos sete cordeiros ofereçam dois quilos; 22e um bode, para oferta pelo pecado, para fazer expiação por vocês. 23Ofereçam estas coisas, além do holocausto da manhã, que é o holocausto contínuo. 24Assim, ofereçam cada dia, durante sete dias, o alimento da oferta queimada em aroma agradável ao Senhor. Além do holocausto contínuo, ofereçam isto, juntamente com a libação que acompanha. 25No sétimo dia, vocês terão santa convocação; não façam nenhum trabalho nesse dia.

Ofertas da Festa das Semanas

Lv 23.15-22

26— Vocês terão também santa convocação no dia das primícias, quando trouxerem oferta nova de cereais ao Senhor durante a Festa das Semanas; não façam nenhum trabalho nesse dia. 27Então ofereçam ao Senhor por holocausto, em aroma agradável, dois novilhos, um carneiro e sete cordeiros de um ano. 28A correspondente oferta de cereais da melhor farinha, amassada com azeite, será de seis litros para um novilho, quatro litros para um carneiro, 29dois litros para cada um dos sete cordeiros. 30Ofereçam também um bode, para fazer expiação por vocês. 31Tragam todas estas ofertas, além do holocausto contínuo, da correspondente oferta de cereais, e das libações que a acompanham. Todos os animais devem ser sem defeito.

Números 28NAAAbrir na Bíblia

Ofertas da Festa do Ano-Novo

Lv 23.23-25

1— No primeiro dia do sétimo mês, vocês terão santa convocação; não façam nenhum trabalho nesse dia. Nesse dia as trombetas tocarão. 2Então, por holocausto, de aroma agradável ao Senhor, ofereçam um novilho, um carneiro e sete cordeiros de um ano, sem defeito. 3A correspondente oferta de cereais da melhor farinha, amassada com azeite, será de seis litros para o novilho, quatro litros para o carneiro 4e dois litros para cada um dos sete cordeiros. 5Ofereçam também um bode, para oferta pelo pecado, para fazer expiação por vocês, 6além do holocausto do mês e a correspondente oferta de cereais, do holocausto contínuo e a correspondente oferta de cereais, com as libações que acompanham, segundo o seu estatuto, em aroma agradável, oferta queimada ao Senhor.

Ofertas do Dia da Expiação

Lv 23.26-32

7— No dia dez deste sétimo mês, vocês terão santa convocação; vocês se humilharão e não farão nenhum trabalho. 8Mas, por holocausto, em aroma agradável ao Senhor, ofereçam um novilho, um carneiro e sete cordeiros de um ano, todos sem defeito. 9A correspondente oferta de cereais da melhor farinha, amassada com azeite, será de seis litros para o novilho, quatro litros para o carneiro 10e dois litros para cada um dos sete cordeiros. 11Ofereçam também um bode, para oferta pelo pecado, além da oferta pelo pecado, para fazer expiação, e do holocausto contínuo, e da correspondente oferta de cereais, com as libações que acompanham.

Ofertas da Festa dos Tabernáculos

Lv 23.33-44

12— Aos quinze dias do sétimo mês, vocês terão santa convocação. Não façam nenhum trabalho, mas durante sete dias celebrem uma festa ao Senhor. 13Por holocausto em oferta queimada, de aroma agradável ao Senhor, ofereçam treze novilhos, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano, todos sem defeito. 14A correspondente oferta de cereais da melhor farinha, amassada com azeite, será de seis litros para cada um dos treze novilhos, quatro litros para cada um dos dois carneiros 15e dois litros para cada um dos catorze cordeiros. 16Ofereçam também um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

17— No segundo dia, ofereçam doze novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 18com a oferta de cereais e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto, 19e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

20— No terceiro dia, ofereçam onze novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 21com a oferta de cereais e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto, 22e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

23— No quarto dia, ofereçam dez novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 24com a oferta de cereais e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto, 25e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

26— No quinto dia, ofereçam nove novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 27com a oferta de cereais e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto, 28e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

29— No sexto dia, ofereçam oito novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 30com a oferta de cereais e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto, 31e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

32— No sétimo dia, ofereçam sete novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito, 33com a oferta de cereais e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto, 34e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

35— No oitavo dia, vocês terão uma reunião solene; não façam nenhum trabalho nesse dia. 36E, por holocausto, em oferta queimada de aroma agradável ao Senhor, ofereçam um novilho, um carneiro, sete cordeiros de um ano, sem defeito, 37com a oferta de cereais e as libações para o novilho, para o carneiro e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto, 38e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a correspondente oferta de cereais e a libação que acompanha.

39— Estas coisas vocês oferecerão ao Senhor nas suas festas fixas, além dos seus votos e das suas ofertas voluntárias, para os seus holocaustos, as suas ofertas de cereais, as suas libações e as suas ofertas pacíficas.

40E Moisés falou aos filhos de Israel, conforme tudo o que o Senhor lhe havia ordenado.

Números 29NAAAbrir na Bíblia

Sexto cântico

Coro

5Quem é esta que vem

subindo do deserto,

apoiada em seu amado?

Esposa

Debaixo da macieira

eu o despertei;

ali a sua mãe teve dores de parto,

ali esteve com dores

aquela que o deu à luz.

6Ponha-me como selo

sobre o seu coração,

como selo sobre o seu braço,

porque o amor é tão forte

como a morte,

e o ciúme é tão duro

como a sepultura.

As suas chamas

são chamas de fogo,

são labaredas enormes.

7As muitas águas não poderiam

apagar o amor,

nem os rios, afogá-lo.

Ainda que alguém oferecesse

todos os bens da sua casa

para comprar o amor,

receberia em troca

apenas desprezo.

Os irmãos

8Temos uma irmãzinha

que ainda não tem seios.

Que faremos por esta nossa irmã,

no dia em que for pedida

em casamento?

9Se ela fosse uma muralha,

edificaríamos sobre ela

uma torre de prata;

se ela fosse uma porta,

nós a reforçaríamos

com tábuas de cedro.

Esposa

10Eu sou uma muralha,

e os meus seios,

como as suas torres.

Por isso, sou para ele

como aquela que encontra a paz.

Coro

11Salomão teve uma vinha

em Baal-Hamom.

Ele a entregou a uns lavradores,

e cada um lhe trazia pelo seu fruto

mil moedas de prata.

Esposa

12A minha vinha,

que me pertence,

dessa cuido eu!

Você, Salomão,

terá as suas mil moedas,

e os que guardam o fruto dela,

as suas duzentas.

Esposo

13Você, que habita nos jardins,

os meus companheiros

querem ouvir a sua voz!

Eu também quero ouvi-la.

Esposa

14Venha depressa, meu amado,

correndo como um gamo

ou um filho da gazela

sobre os montes perfumados.

Cântico dos Cânticos 8:5-14NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.19.1
SIGA A SBB: