Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 359

Texto(s) da Bíblia

O nascimento de Jesus Cristo

1Naqueles dias, foi publicado um decreto de César Augusto, convocando toda a população do Império para recensear-se. 2Este, o primeiro recenseamento, foi feito quando Quirino era governador da Síria. 3Todos iam alistar-se, cada um à sua própria cidade. 4José também saiu da Galileia, da cidade de Nazaré, e foi para a Judeia, até a cidade de Davi, chamada Belém, por ser ele da casa e família de Davi, 5a fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. 6E aconteceu que, estando eles ali, chegou o tempo de ela ter a criança. 7Então Maria deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou o menino e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.

Os pastores e os anjos

8Havia, naquela mesma região, pastores que viviam nos campos e guardavam os seus rebanhos durante as vigílias da noite. 9E um anjo do Senhor desceu aonde eles estavam, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor. 10O anjo, porém, lhes disse:

— Não tenham medo! Estou aqui para lhes trazer boa-nova de grande alegria, que será para todo o povo: 11é que hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor. 12E isto servirá a vocês de sinal: vocês encontrarão uma criança envolta em faixas e deitada em manjedoura.

13E, de repente, apareceu com o anjo uma multidão do exército celestial, louvando a Deus e dizendo:

14“Glória a Deus

nas maiores alturas,

e paz na terra entre os homens,

a quem ele quer bem.”

15Quando os anjos se afastaram deles e voltaram para o céu, os pastores disseram uns aos outros:

— Vamos até Belém e vejamos os acontecimentos que o Senhor nos deu a conhecer.

16Foram depressa e encontraram Maria e José, e a criança deitada na manjedoura. 17E, vendo isso, divulgaram o que lhes tinha sido dito a respeito deste menino. 18Todos os que ouviram se admiraram das coisas relatadas pelos pastores. 19Maria, porém, guardava todas estas palavras, meditando-as no coração. 20E os pastores voltaram, glorificando e louvando a Deus por tudo o que tinham ouvido e visto, como lhes tinha sido anunciado.

Lucas 2:1-20NAAAbrir na Bíblia

A visão de um vale de ossos secos

1Veio sobre mim a mão do Senhor, e ele me levou pelo Espírito do Senhor e me deixou no meio de um vale que estava cheio de ossos. 2Ele me fez andar ao redor deles, e eu pude ver que eram muito numerosos na superfície do vale e estavam sequíssimos. 3Então me perguntou:

— Filho do homem, será que estes ossos podem reviver?

Respondi:

— Senhor Deus, tu o sabes.

4Então ele me disse:

— Profetize para estes ossos e diga-lhes: “Ossos secos, ouçam a palavra do Senhor.”

5— Assim diz o Senhor Deus a estes ossos: “Eis que farei entrar em vocês o espírito, e vocês viverão. 6Porei tendões sobre vocês, farei crescer carne sobre vocês e os cobrirei de pele. Porei em vocês o espírito, e vocês viverão. Então vocês saberão que eu sou o Senhor.”

7Então profetizei como me havia sido ordenado. Enquanto eu profetizava, houve um ruído, um barulho de ossos que batiam contra ossos e se ajuntavam, cada osso ao seu osso. 8Olhei, e eis que apareceram tendões sobre os ossos, cresceram as carnes, e eles se cobriram de pele. Mas não havia neles o espírito.

9Então ele me disse:

— Profetize ao espírito. Profetize, filho do homem, e diga ao espírito: Assim diz o Senhor Deus: “Venha dos quatro ventos, ó espírito, e sopre sobre estes mortos, para que vivam.”

10Profetizei como ele me havia ordenado. O espírito entrou neles, eles viveram e se puseram em pé. Formavam um exército, um enorme exército.

11Então ele me disse:

— Filho do homem, esses ossos são toda a casa de Israel. Eis que dizem: “Os nossos ossos estão secos, perdemos a nossa esperança, fomos exterminados.” 12Portanto, profetize e diga-lhes: Assim diz o Senhor Deus: “Eis que abrirei as sepulturas de vocês e os farei sair delas, ó povo meu, e os levarei de volta à terra de Israel. 13Vocês saberão que eu sou o Senhor, quando eu abrir as sepulturas de vocês e os fizer sair delas, ó povo meu. 14Porei em vocês o meu Espírito, e vocês viverão. Eu os estabelecerei na sua própria terra, e vocês saberão que eu sou o Senhor. Eu falei e eu o cumprirei, diz o Senhor.”

Reunificação de Judá e Israel

15A palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

16— Filho do homem, pegue um pedaço de madeira e escreva nele o seguinte: “De Judá e dos filhos de Israel, seus companheiros.” Depois, pegue outro pedaço de madeira e escreva nele: “De José, pedaço de madeira de Efraim, e de toda a casa de Israel, seus companheiros.” 17Junte os pedaços de madeira um ao outro, faça deles um só pedaço, para que se tornem apenas um na sua mão. 18Quando os filhos do seu povo perguntarem: “Você não vai nos explicar o que significa isso?”, 19responda: Assim diz o Senhor Deus: “Eis que eu pegarei o pedaço de madeira de José, que está na mão de Efraim, e das tribos de Israel, suas companheiras, e o ajuntarei ao pedaço de Judá, e farei deles um só pedaço, e se tornarão apenas um na minha mão.”

20— Os pedaços de madeira em que você escreveu devem ficar na sua mão, para que o povo os veja. 21Então diga-lhes: Assim diz o Senhor Deus: “Eis que eu tirarei os filhos de Israel do meio das nações para onde eles foram, e os congregarei de todos os lugares ao redor, e os levarei para a sua própria terra. 22Farei deles uma só nação na terra, nos montes de Israel, e um só rei será rei de todos eles. Nunca mais serão duas nações; nunca mais se dividirão em dois reinos. 23Nunca mais se contaminarão com os seus ídolos, nem com as suas abominações, nem com qualquer das suas transgressões. Eu os livrarei de todas as suas apostasias em que pecaram e os purificarei. Assim, eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus.”

24— “O meu servo Davi reinará sobre eles, e todos eles terão um só pastor. Andarão nos meus juízos, guardarão os meus estatutos e os observarão. 25Habitarão na terra que dei ao meu servo Jacó, na qual os pais de vocês habitaram. Habitarão nela, eles e os seus filhos e os filhos dos seus filhos, para sempre. E Davi, meu servo, será o príncipe deles para sempre. 26Farei com eles uma aliança de paz; será uma aliança eterna. Eu os estabelecerei, os multiplicarei, e porei o meu santuário no meio deles para sempre. 27O meu tabernáculo estará com eles; eu serei o seu Deus, e eles serão o meu povo. 28As nações saberão que eu sou o Senhor que santifico Israel, quando o meu santuário estiver no meio deles para sempre.”

Ezequiel 37NAAAbrir na Bíblia

A glória da nova Jerusalém

1Levante-se, resplandeça,

porque já vem a sua luz,

e a glória do Senhor

está raiando sobre você.

2Porque eis que as trevas

cobrem a terra,

e a escuridão envolve os povos;

mas sobre você aparece

resplandecente o Senhor,

e a sua glória já está brilhando

sobre você.

3As nações se encaminham

para a sua luz, ó Jerusalém,

e os reis são atraídos

para o resplendor

do seu amanhecer.

4Levante os olhos ao redor e veja:

todos se reúnem e vêm até você.

Os seus filhos chegam de longe,

e as suas filhas são trazidas

nos braços.

5Ao ver isso, você ficará

radiante de alegria;

o seu coração baterá forte

e se dilatará de júbilo,

porque você receberá

a abundância do mar,

e as riquezas das nações

serão trazidas a você.

6O seu território ficará coberto

por uma multidão de camelos,

os dromedários de Midiã e de Efa.

Todos virão de Sabá;

trarão ouro e incenso

e publicarão os louvores do Senhor.

7Todas as ovelhas de Quedar

se reunirão junto de você;

os carneiros de Nebaiote

a servirão;

serão aceitos ao serem oferecidos

sobre o meu altar,

e eu tornarei mais glorioso

o templo da minha glória.

8Quem são estes que vêm voando

como nuvens

e como pombas

voltando ao pombal?

9Certamente as terras do mar

me aguardarão.

À frente virão os navios de Társis

para trazerem de longe

os seus filhos, ó Jerusalém,

e, com eles, a prata e o ouro,

para a santificação

do nome do Senhor, seu Deus,

e do Santo de Israel,

porque ele revestiu você de glória.

10“Estrangeiros edificarão

as suas muralhas,

e os seus reis a servirão.

Porque no meu furor

eu a castiguei,

mas na minha graça

tive compaixão de você.

11Os seus portões

estarão sempre abertos;

não serão fechados

nem de dia nem de noite,

para que lhe sejam trazidas

as riquezas das nações,

e, conduzidos com elas,

os seus reis.

12Porque a nação e o reino

que não a servirem perecerão;

sim, essas nações serão

totalmente arrasadas.”

13“A glória do Líbano virá a você:

o cipreste, o olmeiro e o buxo,

conjuntamente,

para adornarem o lugar

do meu santuário;

e farei glorioso o lugar

em que descansam

os meus pés.

14Também virão e se inclinarão

os filhos dos que a oprimiram;

todos os que a desprezaram

se prostrarão

até as plantas dos seus pés

e a chamarão ‘Cidade do Senhor’,

a ‘Sião do Santo de Israel’.”

15“Você era uma cidade

abandonada e odiada,

um lugar onde

não passava ninguém,

mas eu farei de você

uma glória eterna,

uma alegria

de geração em geração.

16Você mamará o leite das nações

e se alimentará ao peito dos reis;

e saberá que eu sou o Senhor,

o seu Salvador,

o seu Redentor,

o Poderoso de Jacó.”

17“Em vez de bronze,

eu lhe trarei ouro;

em vez de ferro, eu lhe trarei prata;

em vez de madeira, bronze,

e, em vez de pedras, ferro.

Farei com que a paz

seja o seu inspetor

e com que a justiça

seja o seu opressor.

18Nunca mais se ouvirá falar

de violência na sua terra,

nem de ruína ou destruição

em seu território,

mas às suas muralhas

você chamará ‘Salvação’,

e aos seus portões, ‘Louvor’.”

19“Nunca mais o sol será a sua luz

durante o dia,

e o resplendor da lua

nunca mais a iluminará;

pois o Senhor será

a sua luz perpétua,

e o seu Deus será a sua glória.

20O seu sol nunca se porá,

e a sua lua nunca minguará,

porque o Senhor será

a sua luz perpétua,

e os dias do seu luto

chegarão ao fim.

21Todos os do seu povo

serão justos

e para sempre herdarão a terra;

serão renovos que eu plantei,

obra das minhas mãos,

para que eu seja glorificado.

22O pequeno virá a ser mil,

e o menor, uma nação forte;

eu, o Senhor, farei com que,

no tempo certo,

isso logo se cumpra.”

Isaías 60NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.6
SIGA A SBB: