Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 310

Texto(s) da Bíblia

O bom soldado de Cristo

1Quanto a você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus. 2E o que você ouviu de mim na presença de muitas testemunhas, isso mesmo transmita a homens fiéis, idôneos para instruir a outros.

3Participe dos meus sofrimentos como bom soldado de Cristo Jesus. 4Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é agradar aquele que o recrutou. 5Igualmente, o atleta não é coroado se não competir segundo as regras. 6O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a participar dos frutos. 7Pense bem no que acabo de dizer, porque o Senhor dará a você compreensão em todas as coisas.

8Lembre-se de Jesus Cristo, ressuscitado dentre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho. 9É por ele que estou sofrendo até algemas, como malfeitor. Mas a palavra de Deus não está algemada. 10Por esta razão, tudo suporto por causa dos eleitos, para que também eles obtenham a salvação que está em Cristo Jesus, com glória eterna. 11Fiel é esta palavra:

“Se já morremos com ele,

também viveremos com ele;

12se perseveramos,

também com ele reinaremos;

se o negamos,

ele, por sua vez, nos negará;

13se somos infiéis,

ele permanece fiel,

pois de maneira nenhuma

pode negar a si mesmo.”

Um obreiro aprovado

14Relembre a todos essas coisas, dando testemunho solene diante de Deus, para que evitem brigas a respeito de palavras, pois isso não serve para nada, a não ser para prejudicar os ouvintes. 15Procure apresentar-se a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. 16Evite, igualmente, os falatórios inúteis e profanos, pois os que se entregam a isso avançarão cada vez mais na impiedade. 17Além disso, a linguagem deles corrói como câncer. Entre esses estão Himeneu e Fileto, 18que se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição já aconteceu, e estão pervertendo alguns em sua fé. 19Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: “O Senhor conhece os que lhe pertencem.” E mais: “Afaste-se da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor.”

20Ora, numa grande casa não há somente utensílios de ouro e de prata; há também de madeira e de barro. Alguns, para honra; outros, porém, para desonra. 21Assim, pois, se alguém se purificar destes erros, será utensílio para honra, santificado e útil ao seu senhor, estando preparado para toda boa obra.

22Fuja das paixões da mocidade. Siga a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor. 23Evite as discussões insensatas e absurdas, pois você sabe que elas só provocam brigas. 24O servo do Senhor não deve andar metido em brigas, mas deve ser brando para com todos, apto para ensinar, paciente, 25disciplinando com mansidão os que se opõem a ele, na expectativa de que Deus lhes conceda não só o arrependimento para conhecerem a verdade, 26mas também o retorno à sensatez, a fim de que se livrem dos laços do diabo, que os prendeu para fazerem o que ele quer.

2Timóteo 2NAAAbrir na Bíblia

O templo não protege a nação iníqua

1Palavra que foi dita a Jeremias da parte do Senhor:

2— Fique junto à porta da Casa do Senhor e proclame ali esta palavra: “Escutem a palavra do Senhor, todos de Judá, vocês que entram por estas portas, para adorar o Senhor. 3Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Corrijam a sua conduta e as suas ações, e eu os farei habitar neste lugar. 4Não confiem em palavras falsas, dizendo: ‘Templo do Senhor! Templo do Senhor! Este é o templo do Senhor!’”

5— Mas, se de fato emendarem os seus caminhos e as suas ações, se de fato praticarem a justiça, cada um com o seu próximo; 6se não oprimirem o estrangeiro, o órfão e a viúva, nem derramarem sangue inocente neste lugar, nem seguirem outros deuses para o próprio mal de vocês, 7eu os farei habitar neste lugar, na terra que dei aos pais de vocês, desde os tempos antigos e para sempre.

8— Eis que vocês confiam em palavras falsas, que não servem para nada. 9O que é isso? Vocês roubam, matam, cometem adultério e juram falsamente, queimam incenso a Baal e seguem outros deuses que vocês não conheciam no passado, 10e depois vêm e se põem diante de mim neste templo que se chama pelo meu nome, e dizem: “Estamos salvos!” Sim, só para continuarem a praticar essas abominações! 11Será que este templo que se chama pelo meu nome é um covil de salteadores aos olhos de vocês? Eis que eu, eu mesmo, vi isso, diz o Senhor.

12— Mas vão agora ao meu lugar que estava em Siló, onde, no princípio, fiz habitar o meu nome, e vejam o que lhe fiz, por causa da maldade do meu povo de Israel. 13Agora, visto que vocês fazem todas estas obras, diz o Senhor, e eu falei muitas e muitas vezes, mas vocês não me ouviram, chamei, mas vocês não me responderam, 14farei também com este templo que se chama pelo meu nome, no qual vocês confiam, e com este lugar, que dei a vocês e aos seus pais, o mesmo que fiz com Siló. 15Vou expulsar vocês da minha presença, como expulsei todos os seus irmãos, toda a posteridade de Efraim.

A intercessão do profeta não salvará o povo rebelde

16— Quanto a você, Jeremias, não interceda por este povo, nem levante por ele clamor ou oração, nem insista comigo, porque eu não ouvirei a sua voz. 17Será que você não enxerga o que andam fazendo nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém? 18Os filhos apanham a lenha, os pais acendem o fogo e as mulheres amassam a farinha, para se fazerem bolos à Rainha dos Céus. Também oferecem libações a outros deuses, para me provocarem à ira. 19Mas será que é a mim que eles provocam à ira? — diz o Senhor. Não seria muito mais a si mesmos, para a sua própria vergonha?

20— Portanto, assim diz o Senhor Deus: Eis que a minha ira e o meu furor se derramarão sobre este lugar, sobre as pessoas e sobre os animais, sobre as árvores do campo e sobre os frutos da terra. A minha ira queimará como um fogo e não se apagará.

A mera multiplicação dos sacrifícios é inútil

21— Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Juntem os seus holocaustos aos outros sacrifícios e comam a carne vocês mesmos. 22No dia em que tirei os pais de vocês da terra do Egito, não falei nem lhes ordenei nada a respeito de holocaustos ou sacrifícios. 23Mas o que lhes ordenei foi isto: “Deem ouvidos à minha voz, e eu serei o seu Deus, e vocês serão o meu povo. Andem em todo o caminho que eu lhes ordeno, para que tudo lhes vá bem.” 24Mas eles não quiseram ouvir, nem atenderam, porém andaram nos seus próprios conselhos e na dureza do seu coração maligno; andaram para trás e não para a frente. 25Desde o dia em que os pais de vocês saíram da terra do Egito até hoje, muitas e muitas vezes, todos os dias, eu lhes enviei todos os meus servos, os profetas. 26Mas vocês não quiseram me ouvir, nem atenderam; foram teimosos e fizeram pior do que os seus pais.

27— Portanto, Jeremias, você dirá a eles todas estas palavras, mas eles não lhe darão ouvidos; você os chamará, mas eles não responderão. 28Então você lhes dirá: “Esta é a nação que não dá ouvidos à voz do Senhor, seu Deus, e não aceita a disciplina. A verdade desapareceu; foi eliminada da sua boca.”

Judá é rejeitado por Deus

29“Corte os seus cabelos

consagrados, ó Jerusalém,

e jogue-os fora.

Comece a prantear

sobre o alto dos montes,

porque o Senhor rejeitou

e abandonou

a geração que é objeto

do seu furor.”

30— Porque os filhos de Judá fizeram o que era mau aos meus olhos, diz o Senhor. Puseram os seus ídolos abomináveis no templo que se chama pelo meu nome, para o contaminarem. 31Edificaram os altos de Tofete, no vale de Ben-Hinom, para queimarem em sacrifício os seus filhos e as suas filhas, algo que nunca ordenei, nem me passou pela mente. 32Portanto, eis que virão dias, diz o Senhor, em que já não se chamará Tofete, nem vale de Ben-Hinom, mas o vale da Matança. Os mortos serão sepultados em Tofete por não haver outro lugar. 33Os cadáveres deste povo servirão de alimento às aves dos céus e aos animais selvagens; e não haverá ninguém que os espante. 34Farei cessar nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém o som das festas e da alegria, a voz do noivo e a voz da noiva; porque a terra ficará em ruínas.

Jeremias 7NAAAbrir na Bíblia

1— Naquele tempo, diz o Senhor, serão tirados das sepulturas os ossos dos reis e das autoridades de Judá, os ossos dos sacerdotes e dos profetas e os ossos dos moradores de Jerusalém. 2Os ossos serão espalhados ao sol, à lua e a todo o exército do céu, a quem tinham amado, a quem serviram e seguiram, a quem procuraram e diante de quem se prostraram. Não serão recolhidos, nem sepultados; serão como esterco sobre a terra. 3Todos os que restarem desta nação malvada, em todos os lugares para onde os dispersei, preferirão morrer a ficar vivos, diz o Senhor dos Exércitos.

O castigo é inevitável

4Diga-lhes mais:

Assim diz o Senhor:

“Quando as pessoas caem,

será que não se levantam?

Quando alguém se desvia

do caminho, não torna a voltar?

5Por que, então, este povo

de Jerusalém se afasta,

em contínua rebeldia?

Persiste no engano

e não quer voltar.

6Eu escutei e ouvi,

mas eles não falam o que é reto.

Ninguém se arrepende

da sua maldade.

Ninguém pergunta:

‘O que foi que eu fiz de errado?’

Cada um se afasta

e segue o seu caminho

como um cavalo que arremete

com ímpeto na batalha.

7Até a cegonha no céu

conhece as suas estações,

e a rolinha, a andorinha e o grou

observam o tempo

da sua migração.

Mas o meu povo

não conhece o juízo do Senhor.”

8“Como vocês podem dizer:

‘Somos sábios,

e a lei do Senhor está conosco’?

Na verdade,

a falsa pena dos escribas

a transformou em mentira.

9Os sábios serão envergonhados,

aterrorizados e presos.

Eis que rejeitaram

a palavra do Senhor.

Que sabedoria é essa

que eles têm?

10Portanto, darei as mulheres deles

a outros homens,

e os seus campos,

a novos possuidores.

Porque, desde o menor deles

até o maior,

cada um está entregue à ganância,

e tanto o profeta como o sacerdote

usam de falsidade.

11Curam superficialmente

a ferida da filha do meu povo,

dizendo: ‘Paz, paz’;

quando não há paz.

12Será que eles ficaram

envergonhados

por cometerem abominação?

Não, eles não ficaram

com vergonha.

Eles nem sabem

o que é envergonhar-se.

Portanto, cairão com os que caem;

quando eu os castigar, tropeçarão”,

diz o Senhor.

13“Eu os consumirei de todo”,

diz o Senhor.

“Não haverá uvas na videira,

nem figos na figueira,

e as folhas já estão murchas.

E já designei os que passarão

sobre eles.”

14Por que nós estamos

sentados aqui?

Reúnam-se! Entremos

nas cidades fortificadas

e pereçamos ali.

Pois o Senhor, nosso Deus,

já decretou a nossa morte

e nos deu de beber

água envenenada,

porque pecamos contra o Senhor.

15Espera-se a paz,

e não há nada de bom;

espera-se o tempo da cura,

e eis o terror.

16“Desde Dã se ouve o resfolegar

dos cavalos do inimigo;

toda a terra treme

ao som dos relinchos

dos seus garanhões.

Os inimigos vêm e devoram

a terra e a sua abundância,

a cidade e os que habitam nela.

17Porque eis que envio

cobras venenosas

para o meio de vocês,

serpentes contra as quais

não há encantamento,

e que picarão vocês”,

diz o Senhor.

A dor do profeta por causa da ruína do povo

18Ah! Se eu pudesse consolar-me

na minha tristeza!

O meu coração desfalece

dentro de mim.

19Eis a voz do clamor

da filha do meu povo

de terra mui remota:

“Será que o Senhor

não está em Sião?

Não está nela o seu Rei?”

“Por que vocês me provocaram

à ira

com as suas imagens de escultura,

com os ídolos dos estrangeiros?”

20“Passou a colheita,

acabou o verão,

e nós não estamos salvos.”

21Tenho o coração partido

por causa da ferida

da filha do meu povo.

Estou de luto;

o espanto se apoderou de mim.

22Será que não há bálsamo

em Gileade?

Ou não há lá médico?

Por que, então, não se realizou

a cura da filha do meu povo?

Jeremias 8NAAAbrir na Bíblia

Oração pela paz de Jerusalém

Cântico de peregrinação. De Davi

1Alegrei-me quando me disseram:

“Vamos à Casa do Senhor.”

2Pararam os nossos pés

junto às suas portas, ó Jerusalém!

3Jerusalém,

você que está construída

como uma cidade bem sólida,

4para onde sobem as tribos,

as tribos do Senhor,

como convém a Israel,

para renderem graças

ao nome do Senhor.

5Lá estão os tronos de justiça,

os tronos da casa de Davi.

6Orem pela paz de Jerusalém!

“Que sejam prósperos

aqueles que a amam.

7Reine paz em seu meio

e prosperidade nos seus palácios.”

8Por amor dos meus irmãos

e amigos,

eu peço: “Haja paz em você!”

9Por amor da Casa do Senhor,

nosso Deus,

buscarei o seu bem.

Salmos 122NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.6
SIGA A SBB: