Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 231

Texto(s) da Bíblia

Jesus e a mulher samaritana

1Quando Jesus soube que os fariseus tinham ouvido dizer que ele fazia e batizava mais discípulos do que João 2— se bem que Jesus mesmo não batizava, e sim os seus discípulos —, 3deixou a Judeia, retirando-se outra vez para a Galileia. 4E era-lhe necessário passar pela região da Samaria.

5Assim, Jesus chegou a uma cidade samaritana, chamada Sicar, perto das terras que Jacó tinha dado a seu filho José. 6Ali ficava o poço de Jacó. Cansado da viagem, Jesus sentou-se junto ao poço. Era por volta do meio-dia.

7Nisso veio uma mulher samaritana tirar água. Jesus lhe disse:

— Dê-me um pouco de água.

8Pois os seus discípulos tinham ido à cidade comprar alimentos. 9Então a mulher samaritana perguntou a Jesus:

— Como, sendo o senhor um judeu, pede água a mim, que sou mulher samaritana?

Ela disse isso porque os judeus não se dão com os samaritanos. 10Jesus respondeu:

— Se você conhecesse o dom de Deus e quem é que está lhe pedindo água para beber, você pediria, e ele lhe daria água viva.

11Ao que a mulher respondeu:

— O senhor não tem balde e o poço é fundo. De onde vai conseguir essa água viva? 12Por acaso o senhor é maior do que Jacó, o nosso pai, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, assim como os seus filhos e o seu gado?

13Jesus respondeu:

— Quem beber desta água voltará a ter sede, 14mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna.

15A mulher lhe disse:

— Senhor, quero que me dê essa água para que eu não mais tenha sede, nem precise vir aqui buscá-la.

16Jesus disse:

— Vá, chame o seu marido e volte aqui.

17Ao que a mulher respondeu:

— Não tenho marido.

Então Jesus disse:

— Você tem razão ao dizer que não tem marido. 18Porque já teve cinco, e esse que agora tem não é seu marido. O que você disse é verdade.

19A mulher então lhe disse:

— Agora eu sei que o senhor é um profeta! 20Nossos pais adoravam neste monte, mas vocês dizem que em Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.

21Jesus respondeu:

— Mulher, acredite no que digo: vem a hora em que nem neste monte nem em Jerusalém vocês adorarão o Pai. 22Vocês adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, porque a salvação vem dos judeus. 23Mas vem a hora — e já chegou — em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. Porque são esses que o Pai procura para seus adoradores. 24Deus é Espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.

25A mulher respondeu:

— Eu sei que virá o Messias, chamado Cristo. Quando ele vier, nos anunciará todas as coisas.

26Então Jesus disse:

— Eu sou o Messias, eu que estou falando com você.

João 4:1-26NAAAbrir na Bíblia

Os levitas designados para levarem a arca

1Davi fez também casas para si mesmo, na Cidade de Davi, e preparou um lugar para a arca de Deus e lhe armou uma tenda. 2Então ele disse:

— Ninguém pode levar a arca de Deus, a não ser os levitas, porque o Senhor os escolheu para levarem a arca do Senhor e o servirem para sempre.

3Davi reuniu todo o Israel em Jerusalém, para trazer a arca do Senhor para o lugar que ele havia preparado para ela. 4Davi reuniu os filhos de Arão e os levitas. 5Dos filhos de Coate veio Uriel, o chefe, e seus irmãos, cento e vinte; 6dos filhos de Merari veio Asaías, o chefe, e seus irmãos, duzentos e vinte; 7dos filhos de Gérson veio Joel, o chefe, e seus irmãos, cento e trinta; 8dos filhos de Elisafã veio Semaías, o chefe, e seus irmãos, duzentos; 9dos filhos de Hebrom veio Eliel, o chefe, e seus irmãos, oitenta; 10dos filhos de Uziel veio Aminadabe, o chefe, e seus irmãos, cento e doze.

11Davi chamou os sacerdotes Zadoque e Abiatar e os levitas Uriel, Asaías, Joel, Semaías, Eliel e Aminadabe 12e lhes disse:

— Vocês são os chefes das famílias dos levitas. Santifiquem a si mesmos e aos seus irmãos, para que possam trazer a arca do Senhor, Deus de Israel, ao lugar que preparei para ela. 13Pois, visto que vocês não a carregaram na primeira vez, o Senhor, nosso Deus, irrompeu contra nós, porque não o buscamos, segundo nos tinha sido ordenado.

14Então os sacerdotes e os levitas se santificaram, para trazer a arca do Senhor, Deus de Israel. 15Os filhos dos levitas trouxeram a arca de Deus sobre os ombros pelos cabos, como Moisés havia ordenado, segundo a palavra do Senhor.

Músicos são designados para o culto

16Davi ordenou aos chefes dos levitas que constituíssem os seus irmãos, os cantores, para que, acompanhados por instrumentos musicais, liras, harpas e címbalos, se fizessem ouvir, levantando a voz com alegria. 17Assim, os levitas designaram Hemã, filho de Joel; e dos irmãos dele, Asafe, filho de Berequias; e dos filhos de Merari, irmãos deles, Etã, filho de Cusaías. 18E com eles os seus irmãos da segunda ordem: Zacarias, Bene, Jaaziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Benaia, Maaseias, Matitias, Elifeleu e Micneias e os porteiros Obede-Edom e Jeiel. 19Assim, os cantores Hemã, Asafe e Etã se faziam ouvir com címbalos de bronze; 20Zacarias, Aziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Maaseias e Benaia, com liras, em voz de soprano; 21Matitias, Elifeleu, Micneias, Obede-Edom, Jeiel e Azazias, com harpas, em voz de baixo, para conduzir o canto. 22Quenanias, chefe dos levitas músicos, tinha o encargo de dirigir o canto, porque era perito nisso. 23Berequias e Elcana eram porteiros da arca. 24Sebanias, Josafá, Natanael, Amasai, Zacarias, Benaia e Eliézer, os sacerdotes, tocavam as trombetas diante da arca de Deus; Obede-Edom e Jeías eram porteiros da arca.

A arca é levada para Jerusalém

2Sm 6.12-19

25Davi, os anciãos de Israel e os capitães de milhares foram, com alegria, buscar a arca da aliança do Senhor na casa de Obede-Edom. 26E visto que Deus ajudou os levitas que levavam a arca da aliança do Senhor, ofereceram em sacrifício sete novilhos e sete carneiros. 27Davi estava vestido com um manto de linho fino, bem como todos os levitas que levavam a arca, os cantores e Quenanias, chefe dos que levavam a arca e dos cantores; Davi vestia também uma estola sacerdotal de linho. 28Assim, todo o Israel levou a arca da aliança do Senhor, com júbilo e ao som de clarins, trombetas e címbalos, fazendo ressoar harpas e liras.

Mical despreza a Davi

2Sm 6.16,20-22

29Quando a arca da aliança do Senhor estava entrando na Cidade de Davi, Mical, filha de Saul, olhou pela janela. E, ao ver o rei Davi dançando e se alegrando, ela o desprezou em seu coração.

1Crônicas 15NAAAbrir na Bíblia

A oferta de sacrifícios

1Levaram a arca de Deus e a puseram no meio da tenda que Davi tinha preparado para ela. Então trouxeram holocaustos e ofertas pacíficas diante de Deus. 2Depois de trazer os holocaustos e as ofertas pacíficas, Davi abençoou o povo em nome do Senhor. 3E repartiu a todos em Israel, tanto homens como mulheres, a cada um, um bolo de pão, um bom pedaço de carne e passas. 4Designou dentre os levitas os que haviam de ministrar diante da arca do Senhor, e celebrar, louvar e exaltar o Senhor, Deus de Israel, a saber, 5Asafe, o chefe, Zacarias, o segundo, e depois Jeiel, Semiramote, Jeiel, Matitias, Eliabe, Benaia, Obede-Edom e Jeiel, com liras e harpas; e Asafe fazia ressoar os címbalos. 6Os sacerdotes Benaia e Jaaziel estavam continuamente com trombetas, diante da arca da aliança de Deus.

7Foi naquele dia que Davi encarregou, pela primeira vez, Asafe e seus irmãos de celebrarem com hinos o Senhor.

1Crônicas 16:1-7NAAAbrir na Bíblia

A quinta visão: o candelabro de ouro

1O anjo que falava comigo voltou e me despertou, como se desperta alguém do sono. 2Ele me perguntou:

— O que você está vendo?

Respondi:

— Vejo um candelabro todo de ouro e um vaso de azeite em cima com as suas sete lâmpadas e sete tubos, um para cada uma das lâmpadas que estão em cima do candelabro. 3Junto ao candelabro vejo duas oliveiras, uma à direita do vaso de azeite, e a outra à sua esquerda.

4Então perguntei ao anjo que falava comigo:

— Meu senhor, o que é isto?

5O anjo que falava comigo disse:

— Você não sabe o que é isto?

Respondi:

— Não, meu senhor.

6Ele prosseguiu e me disse:

— Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel: “Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito”, diz o Senhor dos Exércitos.

7— “Quem é você, ó grande monte? Diante de Zorobabel você será uma planície. Porque ele colocará a pedra de remate do templo, em meio a aclamações: ‘Haja graça e graça para ela!’”

8Novamente a palavra do Senhor veio a mim, dizendo:

9— As mãos de Zorobabel lançaram os alicerces deste templo, e as mãos dele vão terminar a construção, para que vocês saibam que o Senhor dos Exércitos é quem me enviou a vocês. 10Pois quem despreza o dia dos humildes começos, esse ficará alegre ao ver o prumo nas mãos de Zorobabel. Aqueles sete olhos são os olhos do Senhor, que percorrem toda a terra.

11Então perguntei ao anjo:

— O que são as duas oliveiras à direita e à esquerda do candelabro?

12E acrescentei uma segunda pergunta:

— O que são aqueles dois ramos de oliveira que estão junto aos dois tubos de ouro, que vertem azeite dourado?

13Ele me respondeu:

— Você não sabe o que é isto?

Eu respondi:

— Não, meu senhor.

14Então ele disse:

— São os dois ungidos, que estão a serviço do Senhor de toda a terra.

Zacarias 4NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.19.1
SIGA A SBB: