Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 181

Texto(s) da Bíblia

Jesus ainda outra vez prediz sua morte e ressurreição

32Estavam a caminho, subindo para Jerusalém, e Jesus ia adiante dos seus discípulos. Estes se admiravam e o seguiam tomados de apreensões. E Jesus, chamando outra vez os doze para um lado, começou a revelar-lhes as coisas que deviam acontecer com ele, dizendo:

33— Eis que subimos para Jerusalém, e o Filho do Homem será entregue aos principais sacerdotes e aos escribas. Eles vão condená-lo à morte e entregá-lo aos gentios. 34Vão zombar dele, cuspir nele, açoitá-lo e matá-lo; mas, depois de três dias, ressuscitará.

O pedido de Tiago e João

35Então se aproximaram dele Tiago e João, filhos de Zebedeu, dizendo:

— Mestre, queremos que o senhor nos conceda o que vamos pedir.

36E Jesus lhes perguntou:

— O que querem que eu lhes faça?

37Eles responderam:

— Permite-nos que, na sua glória, nos assentemos um à sua direita e o outro à sua esquerda.

38Mas Jesus lhes disse:

— Vocês não sabem o que estão pedindo. Será que podem beber o cálice que eu bebo ou receber o batismo com que eu sou batizado?

39Eles responderam:

— Podemos.

Então Jesus lhes disse:

— Vocês beberão o cálice que eu bebo e receberão o batismo com que eu sou batizado. 40Quanto a sentar à minha direita ou à minha esquerda, não me compete concedê-lo, pois é para aqueles a quem está preparado.

41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, começaram a ficar indignados com Tiago e João. 42Mas Jesus, chamando todos para junto de si, disse:

— Vocês sabem que os que são considerados governadores dos povos os dominam e que os seus maiorais exercem autoridade sobre eles. 43Mas entre vocês não é assim; pelo contrário, quem quiser tornar-se grande entre vocês, que se coloque a serviço dos outros; 44e quem quiser ser o primeiro entre vocês, que seja servo de todos. 45Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.

A cura do cego de Jericó

46E foram para Jericó. Quando Jesus saía de Jericó, juntamente com os discípulos e numerosa multidão, Bartimeu, um cego mendigo, filho de Timeu, estava sentado à beira do caminho 47e, ouvindo que era Jesus, o Nazareno, começou a gritar:

— Jesus, Filho de Davi, tenha compaixão de mim!

48E muitos o repreendiam para que se calasse, mas ele gritava cada vez mais:

— Filho de Davi, tenha compaixão de mim!

49Jesus parou e disse:

— Chamem o cego.

Chamaram, então, o cego, dizendo-lhe:

— Coragem! Levante-se, porque ele está chamando você.

50Atirando a capa para o lado, o cego levantou-se de um salto e foi até onde estava Jesus, 51que lhe perguntou:

— O que você quer que eu lhe faça?

O cego respondeu:

— Mestre, que eu possa ver de novo.

52Então Jesus lhe disse:

— Vá, a sua fé salvou você.

E imediatamente passou a ver e foi seguindo Jesus estrada afora.

Marcos 10:32-52NAAAbrir na Bíblia

O levantamento do censo

1Cr 21.1-6

1Mais uma vez a ira do Senhor se acendeu contra os israelitas, e ele incitou Davi contra eles, dizendo:

— Vá e levante o censo de Israel e de Judá.

2O rei disse a Joabe, comandante do seu exército:

— Percorra todas as tribos de Israel, desde Dã até Berseba, e levante o censo do povo, para que eu saiba o seu número.

3Então Joabe disse ao rei:

— Que o Senhor, seu Deus, multiplique este povo cem vezes mais, e que o rei, meu senhor, o veja! Mas por que o rei, meu senhor, quer fazer uma coisa dessas?

4Porém a palavra do rei prevaleceu contra Joabe e contra os chefes do exército. Então eles saíram da presença do rei, para levantar o censo do povo de Israel. 5Passaram o Jordão e acamparam em Aroer, à direita da cidade que está no meio do vale de Gade, e foram a Jazer. 6Dali foram a Gileade e chegaram até Cades, na terra dos heteus. Seguiram a Dã-Jaã e viraram-se para Sidom. 7Chegaram à fortaleza de Tiro e a todas as cidades dos heveus e dos cananeus, de onde saíram para o Sul de Judá, a Berseba. 8Assim, percorreram toda a terra e, depois de nove meses e vinte dias, chegaram a Jerusalém. 9Joabe apresentou ao rei o resultado do recenseamento do povo: havia em Israel oitocentos mil homens de guerra, que puxavam da espada; e em Judá eram quinhentos mil.

Davi escolhe o castigo

1Cr 21.7-17

10Depois de haver recenseado o povo, Davi ficou com dor no coração. Ele disse ao Senhor:

— Cometi um grande pecado ao fazer o que fiz. Mas agora, ó Senhor, peço-te que perdoes a iniquidade do teu servo, porque fiz uma grande loucura.

11Quando Davi se levantou pela manhã, a palavra do Senhor veio ao profeta Gade, vidente de Davi, dizendo:

12— Vá e diga a Davi: Assim diz o Senhor: “Eu lhe ofereço três opções; escolha uma delas, para que eu a execute contra você.”

13Gade foi falar com Davi e lhe comunicou isso, dizendo:

— Você quer sete anos de fome na sua terra, três meses fugindo dos seus inimigos, que vão persegui-lo, ou três dias de peste na sua terra? Decida, agora, e diga que resposta devo dar ao que me enviou.

14Então Davi disse a Gade:

— Estou muito angustiado. Porém é preferível que caiamos nas mãos do Senhor, porque muitas são as suas misericórdias; não quero cair nas mãos dos homens.

15Então o Senhor enviou a peste a Israel, desde a manhã até o tempo que havia determinado. E, desde Dã até Berseba, morreram setenta mil homens do povo. 16Quando o Anjo do Senhor estendeu a mão sobre Jerusalém, para a destruir, o Senhor mudou de ideia quanto a este mal e disse ao Anjo que fazia a destruição entre o povo:

— Basta! Retire a sua mão.

O Anjo estava junto à eira de Araúna, o jebuseu. 17Ao ver o Anjo que feria o povo, Davi falou ao Senhor e disse:

— Eu é que pequei. Eu é que fiz essa perversidade. Mas estas ovelhas o que fizeram? Que a tua mão seja contra mim e contra a casa de meu pai.

Davi edifica um altar na eira de Araúna

1Cr 21.18-27

18Naquele mesmo dia, Gade foi falar com Davi e lhe disse:

— Vá e edifique um altar ao Senhor na eira de Araúna, o jebuseu.

19Davi foi segundo a palavra de Gade, como o Senhor lhe havia ordenado. 20Araúna viu, do alto, que o rei e os seus homens vinham ao seu encontro. Saiu e se inclinou diante do rei, com o rosto em terra. 21E perguntou:

— Por que o rei, meu senhor, vem até este seu servo?

Davi respondeu:

— Para comprar de você esta eira, a fim de edificar nela um altar ao Senhor, para que cesse a praga no meio do povo.

22Então Araúna disse a Davi:

— Que o rei, meu senhor, tome e ofereça o que bem quiser. Aqui estão os bois para o holocausto, o debulhador de cereais e a canga dos bois para a lenha. 23Tudo isto, ó rei, Araúna oferece ao rei.

E acrescentou:

— Que o Senhor, seu Deus, aceite a sua oferta.

24Porém o rei disse a Araúna:

— Não! Eu vou comprar de você pelo que vale. Porque não oferecerei ao Senhor, meu Deus, holocaustos que não me custem nada.

Assim, Davi comprou a eira e os bois por cinquenta moedas de prata. 25Davi edificou ali um altar ao Senhor e apresentou holocaustos e ofertas pacíficas. Assim, o Senhor se tornou favorável para com a terra, e a praga cessou no meio de Israel.

2Samuel 24NAAAbrir na Bíblia

Deus acusa Israel

1Filhos de Israel, escutem

a palavra do Senhor.

Porque o Senhor tem

uma controvérsia

com os moradores da terra:

“Não há verdade, nem amor,

nem conhecimento de Deus

na terra,

2mas apenas juramento falso,

mentira e assassinato,

roubo e adultério.

Há violência e homicídios

sobre homicídios.

3Por isso, a terra está de luto,

e todos os seus moradores

desfalecem,

juntamente com os animais

do campo

e com as aves do céu;

e até os peixes do mar estão morrendo.”

Deus acusa os sacerdotes

4“Todavia, que ninguém acuse,

nem repreenda,

porque a minha acusação

é contra vocês, sacerdotes.

5Por isso, vocês tropeçarão de dia,

e os profetas,

juntamente com vocês,

tropeçarão de noite;

e eu destruirei a mãe de vocês.

6O meu povo

está sendo destruído,

pois lhe falta o conhecimento.

Pelo fato de vocês, sacerdotes,

rejeitarem o conhecimento,

também eu os rejeitarei,

para que não sejam mais

sacerdotes diante de mim;

visto que se esqueceram

da lei do seu Deus,

também eu me esquecerei

dos seus filhos.”

7“Quanto mais estes

se multiplicaram,

tanto mais contra mim pecaram;

eu mudarei a sua honra

em vergonha.

8Alimentam-se do pecado

do meu povo

e o seu maior desejo

é que o povo continue a pecar.

9Por isso, tal povo, tal sacerdote;

eu os castigarei pela sua conduta

e lhes darei o que merecem

por seus atos.

10Comerão,

mas não ficarão satisfeitos;

eles se entregarão à prostituição,

mas não se multiplicarão,

porque deixaram de adorar

o Senhor.”

Oseias 4:1-10NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.8
SIGA A SBB: