Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 155

Texto(s) da Bíblia

30Que diremos, então? Que os gentios, que não buscavam a justificação, vieram a alcançá-la, a saber, a justificação que decorre da fé, 31e que Israel, que buscava a lei de justiça, não chegou a atingir essa lei. 32Por quê? Porque não a buscou pela fé, mas como que por obras. Tropeçaram na pedra de tropeço, 33como está escrito:

“Eis que ponho em Sião

uma pedra de tropeço

e rocha de ofensa,

e aquele que nela crê

não será envergonhado.”

Romanos 9:30-33NAAAbrir na Bíblia

1Irmãos, o desejo do meu coração e a minha súplica a Deus em favor deles é para que sejam salvos. 2Porque dou testemunho a favor deles de que têm zelo por Deus, porém não com entendimento. 3Desconhecendo a justiça de Deus e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram à justiça que vem de Deus. 4Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê.

5Ora, Moisés descreve assim a justiça que procede da lei: “Aquele que observar os seus preceitos por eles viverá.” 6Mas a justiça que procede da fé afirma o seguinte: “Não pergunte em seu coração: Quem subirá ao céu?”, isto é, para trazer Cristo lá do alto; 7ou: “Quem descerá ao abismo?”, isto é, para levantar Cristo dentre os mortos. 8Porém, o que se diz? “A palavra está perto de você, na sua boca e no seu coração”, isto é, a palavra da fé que pregamos. 9Se com a boca você confessar Jesus como Senhor e em seu coração crer que Deus o ressuscitou dentre os mortos, você será salvo. 10Porque com o coração se crê para a justiça e com a boca se confessa para a salvação. 11Pois a Escritura diz: “Todo aquele que nele crê não será envergonhado.” 12Porque não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. 13Porque: “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.”

14Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? 15E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: “Quão formosos são os pés dos que anunciam coisas boas!”

16Mas nem todos obedeceram ao evangelho. Pois Isaías diz: “Senhor, quem creu em nossa pregação?” 17E, assim, a fé vem pelo ouvir, e o ouvir, pela palavra de Cristo. 18Mas pergunto: Será que eles não ouviram? É claro que sim!

“A voz deles se espalhou

por toda a terra,

e as palavras deles alcançaram

os confins do mundo.”

19Pergunto mais: será que isso não chegou ao conhecimento de Israel? Moisés já dizia:

“Eu farei com que vocês

fiquem com ciúmes

de um povo que não é nação;

por meio de gente insensata

eu os provocarei à ira.”

20E Isaías é tão ousado que diz:

“Fui achado pelos

que não me procuravam,

revelei-me aos que

não perguntavam por mim.”

21Quanto a Israel, porém, diz:

“Todo o dia estendi as mãos

a um povo desobediente

e rebelde.”

Romanos 10NAAAbrir na Bíblia

Jônatas intercede por Davi

1Saul falou a seu filho Jônatas e a todos os servos sobre matar Davi. Mas Jônatas, filho de Saul, era muito afeiçoado a Davi. 2Por isso, Jônatas revelou esse plano a Davi, dizendo:

— Meu pai, Saul, quer matar você. Tenha cuidado amanhã cedo. Fique num lugar oculto e esconda-se. 3Eu sairei e estarei ao lado de meu pai no campo onde você estiver. Falarei com meu pai a respeito de você. Se eu descobrir alguma coisa, contarei a você.

4Então Jônatas falou bem de Davi a Saul, seu pai, e lhe disse:

— Que o rei não peque contra o seu servo Davi, porque ele não pecou contra você. Pelo contrário, o que ele tem feito é muito bom para você. 5Arriscando a sua vida, ele matou o filisteu e o Senhor efetuou grande livramento a todo o Israel. Você mesmo viu isso e ficou contente. Por que, então, você pecaria contra sangue inocente, matando Davi sem motivo?

6Saul atendeu à voz de Jônatas e jurou:

— Tão certo como vive o Senhor, ele não morrerá.

7Jônatas chamou Davi, contou-lhe todas estas palavras e o levou a Saul. E Davi esteve diante de Saul como antes.

Saul procura, de novo, matar Davi

8E tornou a haver guerra. Davi lutou contra os filisteus e os feriu com grande derrota, e eles fugiram dele.

9E o espírito mau, enviado da parte do Senhor, veio sobre Saul. Ele estava sentado em sua casa, com a sua lança na mão, enquanto Davi dedilhava a harpa. 10Saul tentou encravar Davi na parede, porém ele se desviou e a lança foi se encravar na parede. Então Davi fugiu e escapou.

11Porém, naquela mesma noite, Saul mandou mensageiros à casa de Davi, que o vigiassem, para ele o matar pela manhã. Porém Mical, a mulher de Davi, o avisou:

— Se não fugir esta noite, amanhã você estará morto.

Mical engana seu pai e salva Davi

12Então Mical desceu Davi por uma janela, e ele se foi, fugiu e escapou. 13Mical pegou um ídolo do lar e o deitou na cama. Pôs um tecido de pelos de cabra sobre a cabeça do ídolo, e o cobriu com um manto. 14Quando Saul enviou mensageiros para prender Davi, Mical disse:

— Ele está doente.

15Então Saul mandou mensageiros que fossem ver Davi, dizendo:

— Tragam Davi mesmo que esteja na cama, para que eu o mate.

16Quando os mensageiros entraram, eis que na cama estava apenas o ídolo do lar com o tecido de pelos de cabra ao redor da cabeça. 17Então Saul disse a Mical:

— Por que você me enganou assim e deixou o meu inimigo escapar?

Mical respondeu:

— Porque ele me disse: “Deixe-me ir; se não, eu mato você.”

Saul e seus mensageiros profetizam

18Assim, Davi fugiu e escapou, e foi até onde Samuel estava, em Ramá, e lhe contou tudo o que Saul lhe havia feito. Então se retiraram, ele e Samuel, e ficaram na casa dos profetas. 19Saul ficou sabendo que Davi estava na casa dos profetas, em Ramá. 20Então Saul enviou mensageiros para trazerem Davi. Quando viram um grupo de profetas profetizando, liderados por Samuel, o Espírito de Deus veio sobre os mensageiros de Saul, e também eles profetizaram. 21Quando soube disso, Saul enviou outros mensageiros, e também estes profetizaram. Então Saul enviou um terceiro grupo de mensageiros, os quais também profetizaram. 22Então o próprio Saul foi a Ramá. Quando chegou ao poço grande na cidade de Seco, perguntou:

— Onde estão Samuel e Davi?

Responderam:

— Eis que estão na casa dos profetas, em Ramá.

23Então Saul foi para a casa dos profetas, em Ramá. E o mesmo Espírito de Deus veio sobre ele, que, caminhando, profetizava até chegar à casa dos profetas, em Ramá. 24Também ele despiu a sua túnica e profetizou diante de Samuel. E, sem a túnica, ficou deitado no chão todo aquele dia e toda aquela noite. Por isso se diz: “Está também Saul entre os profetas?”

1Samuel 19NAAAbrir na Bíblia

Pedido de proteção contra inimigos

Ao mestre de canto. Salmo de Davi

1Ouve, ó Deus, a minha voz

na minha queixa;

preserva a minha vida

do terror do inimigo.

2Esconde-me da conspiração

dos malfeitores

e do tumulto dos que praticam

a iniquidade.

3Eles afiam a língua como espada

e apontam, quais flechas,

palavras amargas,

4para, às escondidas,

atingirem o íntegro;

contra ele disparam

repentinamente

e não temem.

5Teimam no mau propósito;

falam em secretamente

armar ciladas,

e dizem: “Quem nos verá?”

6Planejam iniquidades e dizem:

“O plano que fizemos

é perfeito!”

Os pensamentos e o coração

de cada um deles

são um abismo.

7Mas Deus atira contra eles

uma flecha;

de repente, ficarão feridos.

8Assim, serão levados a tropeçar;

a própria língua

se voltará contra eles;

todos os que os veem

balançam a cabeça.

9Todas as pessoas temerão,

e anunciarão as obras de Deus,

e entenderão o que ele faz.

10O justo se alegra no Senhor

e nele confia;

e se gloriam todos os retos

de coração.

Salmos 64NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.19.1
SIGA A SBB: