Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 14

Texto(s) da Bíblia

Jesus adverte contra a hipocrisia

1Visto que milhares de pessoas se aglomeraram, a ponto de se atropelarem umas às outras, Jesus começou a dizer, antes de tudo, aos seus discípulos:

— Cuidado com o fermento dos fariseus, que é a hipocrisia. 2Não há nada encoberto que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a ser conhecido. 3Porque tudo o que vocês disseram às escuras será ouvido em plena luz; e o que disseram ao pé do ouvido no interior da casa será proclamado dos telhados.

A quem temer

4— Digo a vocês, meus amigos: não temam os que matam o corpo e, depois disso, nada mais podem fazer. 5Eu, porém, vou mostrar a quem vocês devem temer: temam aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno. Sim, digo que a esse vocês devem temer.

6— Não se vendem cinco pardais por duas moedinhas? Entretanto, Deus não se esquece de nenhum deles. 7Até os cabelos da cabeça de vocês estão todos contados. Não temam! Vocês valem bem mais do que muitos pardais.

Confessar e negar Cristo

8— Digo mais a vocês: todo aquele que me confessar diante dos outros, também o Filho do Homem o confessará diante dos anjos de Deus; 9mas o que me negar diante das pessoas será negado diante dos anjos de Deus. 10Todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do Homem, isso lhe será perdoado; mas, para o que blasfemar contra o Espírito Santo, não haverá perdão.

11— Quando levarem vocês às sinagogas ou à presença de governadores e autoridades, não se preocupem quanto à maneira como irão responder, nem quanto às coisas que tiverem de falar. 12Porque o Espírito Santo lhes ensinará, naquela mesma hora, as coisas que vocês devem dizer.

A parábola do rico tolo

13Nesse ponto, um homem que estava no meio da multidão disse a Jesus:

— Mestre, diga a meu irmão que reparta comigo a herança.

14Mas Jesus lhe respondeu:

— Homem, quem me nomeou juiz ou repartidor entre vocês?

15Então lhes recomendou:

— Tenham cuidado e não se deixem dominar por qualquer tipo de avareza, porque a vida de uma pessoa não consiste na abundância dos bens que ela tem.

16E Jesus lhes contou ainda uma parábola, dizendo:

— O campo de um homem rico produziu com abundância. 17Então ele começou a pensar: “Que farei, pois não tenho onde armazenar a minha colheita?” 18Até que disse: “Já sei! Destruirei os meus celeiros, construirei outros maiores e aí armazenarei todo o meu produto e todos os meus bens. 19Então direi à minha alma: ‘Você tem em depósito muitos bens para muitos anos; descanse, coma, beba e aproveite a vida.’” 20Mas Deus lhe disse: “Louco! Esta noite lhe pedirão a sua alma; e o que você tem preparado, para quem será?”

21— Assim é o que ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico para com Deus.

As preocupações

22A seguir, Jesus se dirigiu aos seus discípulos, dizendo:

— Por isso, digo a vocês: não se preocupem com a sua vida, quanto ao que irão comer, nem com o corpo, quanto ao que irão vestir. 23Porque a vida é mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as roupas. 24Observem os corvos, que não semeiam, não colhem, não têm despensa nem celeiros; contudo, Deus os sustenta. Vocês valem muito mais do que as aves! 25Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida? 26Portanto, se não podem fazer nada quanto às coisas mínimas, por que se preocupam com as outras? 27Observem como crescem os lírios: eles não trabalham, nem fiam. Eu, porém, afirmo a vocês que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. 28Ora, se Deus veste assim a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, muito mais fará por vocês, homens de pequena fé! 29Portanto, não fiquem perguntando o que irão comer ou beber e não fiquem preocupados com isso. 30Porque os gentios de todo o mundo é que procuram estas coisas; mas o Pai de vocês sabe que vocês precisam delas. 31Busquem, antes de tudo, o seu Reino, e estas coisas lhes serão acrescentadas.

Lucas 12:1-31NAAAbrir na Bíblia

O nascimento de Isaque

1O Senhor visitou Sara, como tinha dito, e cumpriu o que lhe havia prometido. 2Sara ficou grávida e deu à luz um filho a Abraão na sua velhice, no tempo determinado, de que Deus lhe havia falado. 3Ao filho que lhe nasceu, que Sara lhe dera à luz, Abraão deu o nome de Isaque. 4Abraão circuncidou o seu filho Isaque, quando ele tinha oito dias, segundo Deus lhe havia ordenado. 5Abraão tinha cem anos quando lhe nasceu Isaque, seu filho. 6E Sara disse:

— Deus me deu motivo de riso. E todo aquele que ouvir isso vai rir comigo.

7E acrescentou:

— Quem diria a Abraão que Sara ainda amamentaria um filho? Pois na sua velhice lhe dei um filho.

8Isaque cresceu e foi desmamado. Nesse dia em que o menino foi desmamado, Abraão deu um grande banquete.

Agar no deserto

9Sara viu que o filho que Agar, a egípcia, teve com Abraão estava zombando de Isaque. 10Então Sara disse a Abraão:

— Mande embora essa escrava e o filho dela, porque o filho dessa escrava não será herdeiro com o meu filho Isaque.

11Abraão ficou muito incomodado com isso, por causa de seu filho. 12Mas Deus disse a Abraão:

— Não fique incomodado por causa do menino e por causa da escrava. Faça tudo o que Sara disser, porque por meio de Isaque será chamada a sua descendência. 13Mas também do filho da escrava farei uma grande nação, porque ele é seu descendente.

14Na manhã seguinte, Abraão levantou-se de madrugada, pegou pão e um odre de água, pôs tudo sobre as costas de Agar, deu-lhe o menino e a despediu. Ela saiu, andando sem rumo pelo deserto de Berseba.

15Quando acabou a água que havia no odre, Agar colocou o menino debaixo de um dos arbustos. 16E, afastando-se, foi sentar-se em frente, à distância de um tiro de arco, porque dizia:

— Assim, não verei o menino morrer.

E, sentando-se em frente dele, levantou a voz e chorou. 17Deus, porém, ouviu a voz do menino. E, do céu, o Anjo de Deus chamou Agar e lhe disse:

— O que é que você tem, Agar? Não tenha medo, porque Deus ouviu a voz do menino, aí onde ele está. 18Ponha-se em pé, levante o menino e segure-o pela mão, porque eu farei dele um grande povo.

19Então Deus lhe abriu os olhos, e ela viu um poço de água. E, indo até o poço, encheu o odre de água, e deu de beber ao menino.

20Deus estava com o menino, que cresceu, morou no deserto e se tornou flecheiro. 21Ele morava no deserto de Parã, e a sua mãe o casou com uma mulher da terra do Egito.

Abraão faz aliança com Abimeleque

22Por esse tempo, Abimeleque e Ficol, comandante do seu exército, disseram a Abraão:

— Deus está com você em tudo o que você faz. 23Portanto, aqui neste lugar, jure por Deus que você não enganará a mim, nem a meu filho, nem a meu neto, e que tratará a mim e a terra em que você tem morado com a mesma bondade com que eu tratei você.

24Abraão respondeu:

— Eu juro.

25Mas Abraão repreendeu Abimeleque por causa de um poço de água que os servos deste haviam tomado à força. 26Abimeleque disse:

— Não sei quem fez isso. Além do mais, você nunca me falou nada e eu não tinha ouvido nada a respeito, a não ser hoje.

27Então Abraão pegou ovelhas e bois e os deu a Abimeleque. E os dois fizeram uma aliança. 28Abraão pôs à parte sete cordeiras do rebanho. 29Abimeleque perguntou a Abraão:

— Que significam as sete cordeiras que você pôs à parte?

30Abraão respondeu:

— Você receberá das minhas mãos as sete cordeiras, para que me sirvam de testemunho de que eu cavei este poço.

31Por isso aquele lugar foi chamado de Berseba, porque ali os dois fizeram um juramento. 32Assim, fizeram aliança em Berseba. Depois Abimeleque e Ficol, comandante do seu exército, voltaram para as terras dos filisteus. 33Abraão plantou uma tamargueira em Berseba e invocou ali o nome do Senhor, o Deus Eterno. 34E por muito tempo Abraão morou na terra dos filisteus.

Gênesis 21NAAAbrir na Bíblia

A corrupção do pecador e sua redenção

Sl 53

Ao mestre de canto. Salmo de Davi

1Diz o insensato no seu coração:

“Não há Deus.”

São corruptos

e praticam abominação;

já não há quem faça o bem.

2Do céu o Senhor olha

para os filhos dos homens,

para ver se há

quem tenha entendimento,

se há quem busque a Deus.

3Todos se desviaram

e juntamente se corromperam;

não há quem faça o bem,

não há nem um sequer.

4Será que não entendem nada

todos esses que praticam

a iniquidade,

que devoram o meu povo

como se comessem pão,

e que não invocam o Senhor?

5Lá, ficarão tomados

de grande pavor,

porque Deus está

com a linhagem do justo.

6Vocês querem frustrar

o conselho dos humildes,

mas o Senhor é o refúgio deles.

7Quem dera que de Sião viesse já

a salvação de Israel!

Quando o Senhor restaurar

a sorte do seu povo,

Jacó exultará

e Israel se encherá de alegria.

Salmos 14NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.8
SIGA A SBB: