Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 13

Texto(s) da Bíblia

O sinal de Jonas

29Visto que aumentavam as multidões em volta dele, Jesus começou a dizer:

— Esta é uma geração perversa! Pede sinal; mas nenhum sinal lhe será dado, senão o de Jonas. 30Porque, assim como Jonas foi sinal para os ninivitas, o Filho do Homem o será para esta geração. 31A rainha do Sul se levantará, no Juízo, com os homens desta geração e os condenará, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão. E aqui está quem é maior do que Salomão. 32Ninivitas se levantarão, no Juízo, com esta geração e a condenarão, porque se arrependeram com a pregação de Jonas. E aqui está quem é maior do que Jonas.

A luz do corpo

33— Ninguém, depois de acender uma lamparina, a coloca em lugar escondido, nem debaixo de um cesto, mas num lugar em que ilumina bem, a fim de que os que entram vejam a luz. 34Os olhos são a lâmpada do corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz; mas, se forem maus, o seu corpo ficará em trevas. 35Portanto, tenha cuidado para que a luz que está em você não sejam trevas. 36Pois, se todo o seu corpo for luminoso, sem ter qualquer parte em trevas, será todo resplandecente como a lamparina quando ilumina você em plena luz.

Jesus censura os fariseus e os escribas

37Ao falar Jesus estas palavras, um fariseu o convidou para uma refeição na sua casa. Entrando na casa, Jesus tomou lugar à mesa. 38O fariseu admirou-se ao ver que Jesus não tinha se lavado antes de comer. 39Então o Senhor lhe disse:

— Vocês, fariseus, limpam o exterior do copo e do prato; mas o interior de vocês está cheio de roubo e de maldade. 40Seus tolos! Quem fez o exterior não é o mesmo que fez o interior? 41Mas deem como esmola o que está dentro do copo e do prato, e tudo lhes será limpo. 42Ai de vocês, fariseus! Porque vocês dão o dízimo da hortelã, da arruda e de todas as hortaliças, e desprezam a justiça e o amor de Deus. Vocês deveriam fazer estas coisas, sem omitir aquelas. 43Ai de vocês, fariseus! Porque gostam da primeira cadeira nas sinagogas e das saudações nas praças. 44Ai de vocês que são como as sepulturas invisíveis, sobre as quais as pessoas passam sem perceber!

45Então, tomando a palavra, um dos intérpretes da Lei disse a Jesus:

— Mestre, ao dizer estas coisas o senhor está ofendendo também a nós!

46Mas Jesus respondeu:

— Ai de vocês também, intérpretes da Lei! Porque sobrecarregam os outros com fardos superiores às suas forças, mas vocês nem sequer com um dedo tocam nesses fardos. 47Ai de vocês! Porque edificam os túmulos dos profetas que os pais de vocês assassinaram. 48Assim, são testemunhas e aprovam com cumplicidade as obras dos pais de vocês; porque eles mataram os profetas, e vocês edificam túmulos para eles. 49Por isso, também disse a sabedoria de Deus: “Mandarei para eles profetas e apóstolos, e a alguns deles matarão e a outros perseguirão”, 50para que desta geração se peçam contas do sangue dos profetas, derramado desde a fundação do mundo, 51desde o sangue de Abel até o sangue de Zacarias, que foi assassinado entre o altar e o santuário. Sim, eu afirmo a vocês que se pedirão contas a esta geração. 52Ai de vocês, intérpretes da Lei! Porque vocês pegaram a chave do conhecimento. No entanto, vocês mesmos não entraram e impediram os que estavam entrando.

53Quando Jesus saiu dali, os escribas e fariseus começaram a contestá-lo com veemência, fazendo perguntas a respeito de muitos assuntos, 54com o objetivo de tirar daquilo que ele dizia um motivo para o acusar.

Lucas 11:29-54NAAAbrir na Bíblia

Abraão e Abimeleque

1Abraão partiu dali e foi para a terra do Neguebe. Habitou entre Cades e Sur e morou em Gerar. 2Abraão dizia que Sara, a mulher dele, era sua irmã. Então Abimeleque, rei de Gerar, mandou buscá-la. 3Deus, porém, veio a Abimeleque em sonhos de noite e lhe disse:

— Você vai ser castigado com a morte por causa da mulher que tomou, porque ela tem marido.

4Ora, Abimeleque ainda não havia se aproximado de Sara e por isso disse:

— Senhor, matarás até uma nação inocente? 5Não foi ele mesmo que me disse: “É minha irmã”? E ela também me disse: “Ele é meu irmão.” Com sinceridade de coração e na minha inocência foi que eu fiz isso.

6Deus respondeu-lhe em sonho:

— Bem sei que com sinceridade de coração você fez isso. Por isso impedi que você pecasse contra mim e não permiti que você tocasse nela. 7Agora devolva a mulher a seu marido, pois ele é profeta e intercederá por você, e você viverá. Mas, se não a devolver, saiba que você certamente morrerá, você e tudo o que é seu.

8Abimeleque levantou-se de madrugada, chamou todos os seus servos e lhes contou todas essas coisas. E os homens ficaram com muito medo. 9Então Abimeleque chamou Abraão e lhe disse:

— O que é isso que você fez conosco? Em que foi que pequei contra você, para que você trouxesse tamanho pecado sobre mim e sobre o meu reino? O que você me fez é coisa que não se deve fazer.

10E Abimeleque perguntou a Abraão:

— O que é que levou você a fazer uma coisa dessas?

11Abraão respondeu:

— É que eu pensei: “Certamente não há temor de Deus neste lugar, e eles me matarão por causa de minha mulher.” 12Por outro lado, ela é, de fato, minha irmã por parte de pai, embora não por parte de mãe; e veio a ser minha mulher. 13Quando Deus me fez sair da casa de meu pai para andar errante por aí, eu disse a ela: “Este é o favor que você me fará: em todo lugar para onde formos você dirá que eu sou o seu irmão.”

14Então Abimeleque tomou ovelhas, bois, servos e servas e os deu a Abraão; e lhe devolveu Sara, sua mulher. 15Abimeleque disse:

— A minha terra está diante de você; more onde melhor lhe parecer.

16E a Sara ele disse:

— Dei mil moedas de prata ao seu irmão, como compensação por tudo o que aconteceu com você; e diante de todos você está justificada.

17Abraão intercedeu junto a Deus e ele curou Abimeleque, a mulher e as servas dele, de modo que elas pudessem ter filhos. 18Porque o Senhor havia tornado estéreis todas as mulheres da casa de Abimeleque, por causa de Sara, mulher de Abraão.

Gênesis 20NAAAbrir na Bíblia

Oração de fé

Ao mestre de canto. Salmo de Davi

1Até quando, Senhor,

te esquecerás de mim?

Será para sempre?

Até quando esconderás de mim

o teu rosto?

2Até quando estarei relutando

em minha alma,

com tristeza no coração cada dia?

Até quando o meu inimigo

se exaltará sobre mim?

3Olha para mim e responde-me,

Senhor, meu Deus!

Ilumina os meus olhos, para que

eu não durma o sono da morte;

4para que o meu inimigo não diga:

“Prevaleci contra ele”;

e não se alegrem

os meus adversários,

se eu for abalado.

5Quanto a mim,

confio na tua graça;

que o meu coração se alegre

na tua salvação.

6Cantarei ao Senhor,

porque ele me tem feito

muito bem.

Salmos 13NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.6
SIGA A SBB: