Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 122

Texto(s) da Bíblia

A controvérsia sobre a circuncisão de gentios

1Alguns indivíduos que foram da Judeia para Antioquia ensinavam aos irmãos:

— Se vocês não forem circuncidados segundo o costume de Moisés, não podem ser salvos.

2Tendo surgido um conflito e grande discussão de Paulo e Barnabé com eles, foi resolvido que esses dois e mais alguns fossem a Jerusalém, aos apóstolos e presbíteros, para tratar desta questão. 3Encaminhados, pois, pela igreja, atravessaram as províncias da Fenícia e Samaria e, narrando a conversão dos gentios, causaram grande alegria a todos os irmãos. 4Quando chegaram a Jerusalém, foram bem-recebidos pela igreja, pelos apóstolos e pelos presbíteros, a quem relataram tudo o que Deus havia feito com eles. 5Mas alguns membros do partido dos fariseus que haviam crido se insurgiram, dizendo:

— É necessário circuncidá-los e ordenar-lhes que observem a lei de Moisés.

A reunião dos apóstolos e presbíteros em Jerusalém

6Então os apóstolos e os presbíteros se reuniram para examinar a questão. 7Havendo grande debate, Pedro tomou a palavra e disse:

— Irmãos, vocês sabem que, desde há muito, Deus me escolheu entre vocês para que da minha boca os gentios ouvissem a palavra do evangelho e cressem. 8E Deus, que conhece os corações, lhes deu testemunho, concedendo o Espírito Santo a eles, como também o havia concedido a nós. 9E não estabeleceu distinção alguma entre nós e eles, purificando-lhes o coração por meio da fé. 10Agora, pois, por que vocês querem tentar a Deus, pondo sobre o pescoço dos discípulos um jugo que nem os nossos pais puderam suportar, nem nós? 11Mas cremos que somos salvos pela graça do Senhor Jesus, assim como eles.

O parecer de Tiago

12E toda a multidão silenciou, passando a ouvir Barnabé e Paulo, que contavam quantos sinais e prodígios Deus tinha feito por meio deles entre os gentios. 13Depois que eles terminaram, Tiago tomou a palavra e disse:

— Irmãos, ouçam o que tenho a dizer. 14Simão acaba de relatar como, primeiramente, Deus visitou os gentios, a fim de constituir entre eles um povo para o seu nome. 15Com isso concordam as palavras dos profetas, como está escrito:

16“Depois disso,

voltarei e reedificarei

o tabernáculo caído de Davi;

reedificarei as suas ruínas

e o restaurarei.

17Para que o restante da humanidade

busque o Senhor,

juntamente com todos os gentios

sobre os quais tem sido invocado

o meu nome,

18diz o Senhor,

que faz estas coisas conhecidas

desde os tempos antigos.”

19— Por isso, julgo que não devemos perturbar aqueles que, entre os gentios, se convertem a Deus, 20mas escrever-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, bem como da imoralidade sexual, da carne de animais sufocados e do sangue. 21Porque Moisés tem, em cada cidade, desde tempos antigos, os que o pregam nas sinagogas, onde é lido todos os sábados.

Atos 15:1-21NAAAbrir na Bíblia

Josué exorta o povo a observar a Lei

1Muito tempo havia se passado desde que o Senhor tinha dado a Israel repouso de todos os seus inimigos ao redor. Josué agora já era bem idoso. 2Ele chamou todo o Israel, os seus anciãos, os seus chefes, os seus juízes e os seus oficiais e lhes disse:

— Já estou bem velho, 3e vocês já viram tudo o que o Senhor, seu Deus, fez com todas essas nações por causa de vocês, porque o Senhor, seu Deus, é o que lutou por vocês. 4Vejam bem: por sorteio eu reparti entre as tribos de vocês estas nações que restam, juntamente com todas as nações que tenho eliminado, desde o Jordão até o mar Grande, na direção do pôr do sol. 5O Senhor, seu Deus, as afastará e as expulsará da presença de vocês; e vocês tomarão posse das terras dessas nações, como o Senhor, seu Deus, prometeu.

6— Portanto, esforcem-se muito para guardar e cumprir tudo o que está escrito no Livro da Lei de Moisés, para que dela não se afastem, nem para a direita nem para a esquerda, 7e para que não se misturem com essas nações que restaram entre vocês. Não façam menção dos nomes de seus deuses, nem jurem por eles. Não sirvam, nem adorem esses deuses. 8Pelo contrário, apeguem-se ao Senhor, seu Deus, como vocês têm feito até o dia de hoje. 9Porque o Senhor expulsou de diante de vocês grandes e fortes nações; e, até o dia de hoje, ninguém conseguiu resistir a vocês. 10Um só de vocês perseguirá mil, pois o Senhor, seu Deus, é quem luta por vocês, como ele prometeu.

11— Portanto, empenhem-se em amar o Senhor, seu Deus. 12Porque, se vocês se desviarem dele e se apegarem ao que resta dessas nações que ainda se encontram entre vocês, e se unirem com elas por meio de casamento, e se misturarem com elas, e elas com vocês, 13saibam com certeza que o Senhor, seu Deus, não expulsará mais essas nações de diante de vocês. Pelo contrário, elas serão um laço e uma rede para vocês, e açoite nas costas e espinhos nos olhos, até que vocês desapareçam desta boa terra que o Senhor, seu Deus, lhes deu.

14— Eis que hoje sigo pelo caminho de todos os mortais, e vocês sabem de todo o coração e de toda a alma que nem uma só promessa falhou de todas as boas palavras que o Senhor, seu Deus, lhes falou; todas se cumpriram, nem uma delas falhou. 15E assim como se cumpriram todas estas boas coisas que o Senhor, seu Deus, lhes prometeu, assim o Senhor também cumprirá contra vocês todas as ameaças, até que os destrua de sobre a boa terra que o Senhor, seu Deus, lhes deu. 16Se violarem a aliança que o Senhor, seu Deus, lhes ordenou, e forem e servirem outros deuses, e os adorarem, a ira do Senhor se acenderá sobre vocês, e logo vocês desaparecerão da boa terra que ele lhes deu.

Josué 23NAAAbrir na Bíblia

Josué se despede do povo

1Depois Josué reuniu todas as tribos de Israel em Siquém e chamou os anciãos de Israel, os seus chefes, os seus juízes e os seus oficiais, e eles se apresentaram diante de Deus. 2Então Josué disse a todo o povo:

— Assim diz o Senhor, Deus de Israel: “Antigamente, os pais de vocês, incluindo Tera, pai de Abraão e de Naor, viviam do outro lado do Eufrates e serviam outros deuses. 3Eu, porém, trouxe Abraão, o pai de vocês, do outro lado do rio e o fiz percorrer toda a terra de Canaã. Também multipliquei a descendência dele e lhe dei Isaque. 4A Isaque dei Jacó e Esaú. A Esaú dei como propriedade as montanhas de Seir, mas Jacó e seus filhos desceram para o Egito. 5Então enviei Moisés e Arão e castiguei o Egito com o que fiz ali; e, depois, tirei vocês de lá. 6Quando tirei os seus pais do Egito, vocês chegaram até o mar. Os egípcios perseguiram os pais de vocês, com carros de guerra e cavaleiros, até o mar Vermelho. 7Os pais de vocês clamaram e o Senhor pôs escuridão entre vocês e os egípcios, e trouxe o mar sobre eles, e o mar os cobriu. Vocês viram com os seus próprios olhos o que eu fiz no Egito. Depois vocês viveram no deserto por muito tempo.

8— Daí eu os trouxe à terra dos amorreus, que moravam do outro lado do Jordão. Eles lutaram contra vocês, mas eu os entreguei nas mãos de vocês. Vocês tomaram posse da terra deles, e eu os destruí diante de vocês. 9Então o rei de Moabe, Balaque, filho de Zipor, se levantou e lutou contra Israel. Mandou chamar Balaão, filho de Beor, para que os amaldiçoasse. 10Porém eu não quis ouvir Balaão, e ele teve de abençoar vocês. E assim eu os livrei das mãos de Balaque.

11— Vocês atravessaram o Jordão e chegaram a Jericó. Os moradores de Jericó lutaram contra vocês e o mesmo fizeram também os amorreus, os ferezeus, os cananeus, os heteus, os girgaseus, os heveus e os jebuseus. Porém eu os entreguei nas mãos de vocês. 12Enviei vespões adiante de vocês, que os expulsaram de diante de vocês, bem como os dois reis dos amorreus. E não foram as espadas nem os arcos de vocês que fizeram isso. 13Eu lhes dei uma terra em que vocês não trabalharam e cidades que vocês não haviam construído. Vocês estão vivendo nessas cidades, e comem das vinhas e dos olivais que não plantaram.”

Renovação da aliança

14— Agora, pois, temam o Senhor e o sirvam com integridade e com fidelidade. Joguem fora os deuses que os pais de vocês serviram do outro lado do Eufrates e no Egito e sirvam o Senhor. 15Mas, se vocês não quiserem servir o Senhor, escolham hoje a quem vão servir: se os deuses a quem os pais de vocês serviram do outro lado do Eufrates ou os deuses dos amorreus em cuja terra vocês estão morando. Eu e a minha casa serviremos o Senhor.

16Então o povo respondeu:

— Longe de nós abandonar o Senhor para servir outros deuses! 17Porque o Senhor é o nosso Deus. Ele é quem nos tirou, a nós e aos nossos pais, da terra do Egito, da casa da servidão. Ele é quem fez estes grandes sinais aos nossos olhos e nos guardou por todo o caminho em que andamos e entre todos os povos pelo meio dos quais passamos. 18O Senhor expulsou de diante de nós todas estas gentes, até o amorreu, morador da terra. Portanto, nós também serviremos o Senhor, pois ele é o nosso Deus.

19Então Josué disse ao povo:

— Vocês não poderão servir o Senhor, porque é Deus santo, Deus zeloso, que não perdoará a transgressão e os pecados de vocês. 20Se abandonarem o Senhor e servirem deuses estranhos, ele se voltará contra vocês, e lhes fará mal, e os destruirá, depois de lhes ter feito bem.

21Então o povo disse a Josué:

— Não! O que queremos é servir o Senhor.

22Josué disse ao povo:

— Vocês são testemunhas contra vocês mesmos de que escolheram o Senhor para o servir.

E eles disseram:

— Sim, somos testemunhas.

23E Josué continuou:

— Agora, pois, joguem fora os deuses estranhos que há no meio de vocês e inclinem o coração ao Senhor, Deus de Israel.

24O povo disse a Josué:

— Ao Senhor, nosso Deus, serviremos e obedeceremos à sua voz.

25Assim, naquele dia, Josué fez aliança com o povo e lhes deu estatutos e juízos em Siquém. 26Josué escreveu estas palavras no Livro da Lei de Deus. Pegou uma grande pedra e a erigiu ali debaixo do carvalho que estava junto ao santuário do Senhor. 27Então Josué disse a todo o povo:

— Eis que esta pedra nos será testemunha, pois ouviu todas as palavras que o Senhor nos tem dito. Portanto, será testemunha contra vocês, para que não mintam ao Deus de vocês.

28Então Josué despediu o povo, cada um para a sua herança.

A morte de Josué e de Eleazar

Jz 2.6-9

29Depois destas coisas, Josué, filho de Num, servo do Senhor, morreu com a idade de cento e dez anos. 30Foi sepultado na sua própria herança, em Timnate-Sera, que fica na região montanhosa de Efraim, para o norte do monte Gaás.

31Israel serviu o Senhor todos os dias de Josué e todos os dias dos anciãos que ainda sobreviveram por muito tempo depois de Josué e que sabiam de todas as obras que o Senhor tinha feito por Israel.

32Os ossos de José, que os filhos de Israel trouxeram do Egito, foram sepultados em Siquém, naquela parte do campo que Jacó havia comprado dos filhos de Hamor, pai de Siquém, por cem peças de prata, e que veio a ser a herança dos filhos de José.

33Morreu também Eleazar, filho de Arão, e o sepultaram em Gibeá, cidade que pertencia a Fineias, seu filho, e que lhe tinha sido dada na região montanhosa de Efraim.

Josué 24NAAAbrir na Bíblia

As falas de Eliú

Caps.32—37

1Aqueles três homens pararam de responder a Jó, porque ele se considerava justo. 2Então se acendeu a ira de Eliú, filho de Baraquel, o buzita, da família de Rão. Ele ficou indignado contra Jó, porque este pretendia ser mais justo do que Deus. 3Eliú também ficou irado com os três amigos de Jó, porque, mesmo não tendo o que responder, eles o condenavam. 4Eliú, porém, havia esperado para falar a Jó, pois os outros eram mais velhos do que ele. 5Quando Eliú viu que aqueles três homens já não tinham o que responder, ficou irado.

Primeira fala de Eliú

Caps.32—33

O sopro de Deus dá entendimento

6Então Eliú, filho de Baraquel, o buzita, tomou a palavra e disse:

“Eu sou de menos idade,

e vocês são idosos.

Por isso, tive receio

e fiquei com medo

de dar a minha opinião.

7Pensei assim: ‘Que falem

os que têm mais idade,

e que a multidão dos anos

ensine a sabedoria.’

8Na verdade,

há um espírito no homem,

e o sopro do Todo-Poderoso

lhe dá entendimento.

9Os de mais idade

não são os sábios,

nem são os velhos

os que entendem o que é reto.

10Por isso digo:

Escutem o que vou dizer,

e também eu

darei a minha opinião.”

Deus pode vencê-lo, e não o homem

11“Eis que esperei

que vocês falassem

e dei ouvidos

às suas considerações,

enquanto, quem sabe,

buscavam o que dizer.

12Dei atenção ao que diziam,

mas nenhum de vocês

conseguiu refutar Jó,

nem responder

aos seus argumentos.

13Portanto, não me venham

com a seguinte desculpa:

‘Descobrimos a sabedoria!

Deus pode vencê-lo,

e não o homem.’

14Ora, ele não me dirigiu

palavra alguma,

e eu não lhe responderei

com as palavras

que vocês usaram.”

Darei a minha opinião

15“Jó, os três estão pasmados,

já não respondem,

faltam-lhes as palavras.

16Será que devo esperar,

pois não falam,

estão parados

e nada mais respondem?

17Também eu de minha parte

vou responder

e darei a minha opinião.

18Porque tenho muito que falar,

e o meu espírito me constrange.

19Eis que dentro de mim

sou como o vinho,

sem respiradouro,

como odres novos,

prestes a arrebentar.

20Permitam, pois, que eu fale

para poder desabafar;

abrirei os lábios e responderei.

21Não tratarei nenhum de vocês

com parcialidade

e não vou lisonjear ninguém.

22Porque não sei lisonjear;

se assim fizesse, em breve

me levaria o meu Criador.”

Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.8
SIGA A SBB: