Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 145

Texto(s) da Bíblia

Prefácio e saudação

1Paulo, servo de Cristo Jesus, chamado para ser apóstolo, separado para o evangelho de Deus, 2que ele, no passado, prometeu por meio dos seus profetas nas Escrituras Sagradas. 3Este evangelho diz respeito a seu Filho, o qual, segundo a carne, veio da descendência de Davi 4e foi designado Filho de Deus com poder, segundo o Espírito de santidade, pela ressurreição dos mortos, a saber, Jesus Cristo, nosso Senhor. 5Por meio dele viemos a receber graça e apostolado por amor do seu nome, para a obediência da fé, entre todos os gentios. 6Entre esses se encontram também vocês que foram chamados para pertencerem a Jesus Cristo. 7A todos os amados de Deus que estão em Roma, chamados para ser santos.

Que a graça e a paz de Deus, nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês.

Paulo ora pelos cristãos de Roma e deseja vê-los

8Em primeiro lugar, por meio de Jesus Cristo, dou graças ao meu Deus por todos vocês, porque a fé que vocês têm é proclamada no mundo inteiro. 9Pois Deus, a quem sirvo em meu espírito, no evangelho de seu Filho, é minha testemunha de como nunca deixo de fazer menção de vocês 10em todas as minhas orações, pedindo que, em algum momento, pela vontade de Deus, surja uma oportunidade de visitá-los. 11Porque desejo muito vê-los, a fim de repartir com vocês algum dom espiritual, para que vocês sejam fortalecidos, 12isto é, para que nos consolemos uns aos outros por meio da fé mútua: a de vocês e a minha.

13Quero que vocês saibam, irmãos, que muitas vezes me propus a ir visitá-los — no que tenho sido, até agora, impedido —, para conseguir algum fruto igualmente entre vocês, assim como também tenho conseguido entre os outros gentios. 14Pois sou devedor tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a insensatos. 15Por isso, quanto a mim, estou pronto a anunciar o evangelho também a vocês que estão em Roma.

Romanos 1:1-15NAAAbrir na Bíblia

Os israelitas pedem um rei

1Quando Samuel ficou velho, constituiu os seus filhos por juízes sobre Israel. 2O primogênito se chamava Joel, e o segundo se chamava Abias. Eles foram juízes em Berseba. 3Porém os filhos de Samuel não andaram pelos caminhos dele; ao contrário, inclinaram-se à avareza, aceitavam suborno e perverteram o direito.

4Então todos os anciãos de Israel se congregaram e foram falar com Samuel, em Ramá. 5Eles disseram:

— Veja! Você está ficando velho e os seus filhos não andam pelos seus caminhos. Por isso, queremos agora que você nos constitua um rei, para que nos governe, como acontece em todas as nações.

6Mas Samuel não gostou desta palavra, quando disseram: “Dê-nos um rei, para que nos governe.” Então Samuel orou ao Senhor. 7E o Senhor disse a Samuel:

— Atenda à voz do povo em tudo o que lhe pedem. Porque não foi a você que rejeitaram, mas a mim, para que eu não reine sobre eles. 8Segundo todas as obras que fizeram desde o dia em que os tirei do Egito até hoje, pois me deixaram e serviram outros deuses, assim também estão fazendo com você. 9Agora, pois, atenda à voz deles, porém advirta-os solenemente e explique-lhes qual será o direito do rei que vier a reinar sobre eles.

10Samuel relatou todas as palavras do Senhor ao povo, que lhe pedia um rei, 11dizendo:

— Este será o direito do rei que vier a reinar sobre vocês: ele tomará os filhos de vocês e os empregará no serviço dos seus carros de guerra e como seus cavaleiros, para que corram na frente deles. 12Ele porá alguns por capitães de mil e capitães de cinquenta; outros para lavrar os campos dele e fazer as suas colheitas; e outros para fabricar armas de guerra e equipamentos para os seus carros. 13Tomará as filhas de vocês para serem perfumistas, cozinheiras e padeiras. 14Tomará de vocês o melhor das lavouras, das vinhas e dos olivais e o dará aos seus servidores. 15Ficará com uma décima parte dos cereais e das uvas que vocês colherem, para dar aos seus oficiais e aos seus servidores. 16Também tomará os servos e as servas de vocês, os melhores jovens e os jumentos de vocês, e os empregará no seu trabalho. 17Ficará com uma décima parte dos rebanhos de vocês, e vocês serão seus servos. 18Então, naquele dia, vocês clamarão por causa do rei que escolheram, mas o Senhor não os ouvirá naquele dia.

19Porém o povo não atendeu à voz de Samuel e disse:

— Não! Queremos um rei sobre nós. 20Seremos como todas as outras nações. O nosso rei poderá nos governar, sair adiante de nós e fazer as nossas guerras.

21Samuel ouviu todas as palavras do povo e as repetiu diante do Senhor. 22Então o Senhor disse a Samuel:

— Atenda à voz do povo e escolha um rei para eles.

Então Samuel disse aos filhos de Israel:

— Cada um de vocês volte para a sua cidade.

1Samuel 8NAAAbrir na Bíblia

Oração pedindo a ajuda de Deus

Ao mestre de canto. Salmo didático. Para instrumentos de cordas. De Davi, quando os zifeus foram dizer a Saul: “Não está Davi escondido entre nós?”

1Ó Deus, salva-me, pelo teu nome,

e faze-me justiça pelo teu poder.

2Escuta, ó Deus, a minha oração,

dá ouvidos às palavras

da minha boca.

3Pois contra mim se levantam

os insolentes,

e os violentos procuram

tirar-me a vida;

eles não têm Deus diante de si.

4Eis que Deus é o meu ajudador,

o Senhor é quem

me sustenta a vida.

5Ele retribuirá o mal

aos meus inimigos.

Por tua fidelidade,

acaba com eles.

6Eu te oferecerei sacrifícios

voluntariamente;

louvarei o teu nome, ó Senhor,

porque é bom.

7Pois ele me livrou

de todas as minhas aflições;

e os meus olhos viram

a ruína dos meus inimigos.

Salmos 54NAAAbrir na Bíblia
Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.6
SIGA A SBB: