Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Plano de leitura da Bíblia – dia 116

Texto(s) da Bíblia

A defesa de Pedro

1Chegou ao conhecimento dos apóstolos e dos irmãos que estavam na Judeia que também os gentios haviam recebido a palavra de Deus. 2Quando Pedro voltou para Jerusalém, os que eram da circuncisão começaram a questioná-lo, dizendo:

3— Você entrou na casa de homens incircuncisos e comeu com eles.

4Então Pedro passou a fazer-lhes uma exposição por ordem, dizendo:

5— Eu estava na cidade de Jope orando e, num êxtase, tive uma visão em que observei descer um objeto como se fosse um grande lençol baixado do céu pelas quatro pontas e vindo até perto de mim. 6E, olhando atentamente para dentro daquilo, vi quadrúpedes da terra, feras, répteis e aves do céu. 7Ouvi também uma voz que me dizia: “Levante-se, Pedro! Mate e coma.” 8Ao que eu respondi: “De modo nenhum, Senhor; porque em minha boca nunca entrou nada que fosse impuro ou imundo.” 9Pela segunda vez, a voz do céu falou: “Não considere impuro aquilo que Deus purificou.” 10Isso se repetiu três vezes, e, de novo, tudo foi recolhido para o céu. 11E eis que, na mesma hora, pararam diante da casa em que estávamos três homens enviados de Cesareia para se encontrar comigo. 12Então o Espírito me disse que eu fosse com eles, sem hesitar. Foram comigo também estes seis irmãos; e entramos na casa daquele homem. 13E ele nos contou como tinha visto na casa dele um anjo, em pé, que lhe disse: “Envie alguém a Jope e mande chamar Simão, que também é chamado de Pedro, 14o qual lhe dirá palavras mediante as quais você e toda a sua casa serão salvos.”

15— Quando comecei a falar, o Espírito Santo caiu sobre eles, como também sobre nós, no princípio. 16Então me lembrei da palavra do Senhor, quando disse: “João, na verdade, batizou com água, mas vocês serão batizados com o Espírito Santo.” 17Pois, se Deus deu a eles o mesmo dom que tinha dado a nós quando cremos no Senhor Jesus, quem era eu para que pudesse resistir a Deus?

18Quando os demais ouviram isso, acalmaram-se e glorificaram a Deus, dizendo:

— Então também aos gentios Deus concedeu o arrependimento para a vida!

Atos 11:1-18NAAAbrir na Bíblia

Outras vitórias de Josué

1Quando Jabim, rei de Hazor, ouviu isto, enviou mensageiros a Jobabe, rei de Madom, ao rei Sinrom, ao rei Acsafe 2e aos reis que estavam na região montanhosa ao norte, na Arabá ao sul de Quinerete, na Sefelá e em Nafate-Dor, do lado do mar, 3aos cananeus do leste e do oeste: aos amorreus, aos heteus, aos ferezeus, aos jebuseus nas montanhas e aos heveus ao pé do Hermom, na terra de Mispa. 4Saíram, pois, estes e todas as suas tropas com eles, muito povo, em multidão como a areia que está na praia do mar, e também muitos cavalos e carros de guerra. 5Todos estes reis se ajuntaram, vieram e acamparam junto às águas de Merom, para lutar contra Israel.

6O Senhor disse a Josué:

— Não tenha medo deles, porque amanhã, a esta mesma hora, eu os entregarei, todos mortos, aos filhos de Israel. Você mutilará os cavalos deles e queimará os seus carros de guerra.

7Josué e todos os homens de guerra com ele avançaram de surpresa contra eles junto às águas de Merom, e os atacaram. 8O Senhor os entregou nas mãos de Israel, que os atacou e perseguiu até a grande Sidom, e até Misrefote-Maim, e até o vale de Mispa, ao leste. Os israelitas os mataram sem deixar nem sequer um. 9Josué fez com eles como o Senhor lhe havia ordenado: mutilou os cavalos deles e queimou os seus carros de guerra.

10Nesse mesmo tempo, Josué voltou, tomou Hazor e feriu à espada o seu rei, porque naquela época Hazor era a capital de todos esses reinos. 11Mataram à espada todos os que nela estavam e os destruíram totalmente; ninguém sobreviveu. E a cidade de Hazor foi queimada. 12Josué tomou todas essas cidades e também os seus reis. Matou todos, destruindo-os totalmente, como Moisés, servo do Senhor, havia ordenado. 13Mas os israelitas não queimaram as cidades que estavam sobre as colinas, exceto Hazor, que Josué queimou. 14Os israelitas saquearam para si todos os despojos dessas cidades e também o gado; porém mataram à espada todas as pessoas, até que as destruíram; e ninguém sobreviveu. 15Como o Senhor havia ordenado a Moisés, seu servo, assim Moisés ordenou a Josué; e assim Josué o fez. Nem uma só palavra deixou de cumprir de tudo o que o Senhor havia ordenado a Moisés.

16Assim Josué tomou toda aquela terra, a saber, a região montanhosa, todo o Neguebe, toda a terra de Gósen, a Sefelá, a Arabá e a região montanhosa de Israel com as suas planícies; 17desde o monte Halaque, que sobe a Seir, até Baal-Gade, no vale do Líbano, ao pé do monte Hermom; também venceu todos os seus reis e os matou. 18Por muito tempo, Josué fez guerra contra todos esses reis. 19Não houve cidade que fizesse paz com os filhos de Israel, a não ser os heveus, moradores de Gibeão; todas as demais foram tomadas por meio de guerra. 20Porque do Senhor vinha o endurecimento do seu coração para saírem à guerra contra Israel, a fim de que fossem totalmente destruídos e não se tivesse piedade alguma; pelo contrário, fossem totalmente destruídos, como o Senhor havia ordenado a Moisés.

21Naquele tempo, Josué foi e eliminou os anaquins da região montanhosa, de Hebrom, de Debir, de Anabe, e de todas as montanhas de Judá, e de todas as montanhas de Israel; Josué os destruiu totalmente com as suas cidades. 22Nem um dos anaquins sobreviveu na terra dos filhos de Israel; somente em Gaza, Gate e Asdode permaneceram alguns. 23Assim Josué tomou toda esta terra, segundo tudo o que o Senhor tinha dito a Moisés. E Josué deu a terra em herança aos filhos de Israel, conforme as suas divisões e tribos. E a terra repousou da guerra.

Josué 11NAAAbrir na Bíblia

Os reis vencidos por Moisés

1Estes são os reis da terra que os filhos de Israel derrotaram e de cujas terras se apossaram do outro lado do Jordão, na direção do leste, desde o ribeiro de Arnom até o monte Hermom e toda a planície do leste: 2Seom, rei dos amorreus, que habitava em Hesbom e dominava desde Aroer, que está à beira do vale de Arnom, e desde o meio do vale e a metade de Gileade até o ribeiro de Jaboque, limite dos filhos de Amom; 3desde a campina até o mar de Quinerete, para o leste, e até o mar da Campina, o mar Salgado, para o leste, pelo caminho de Bete-Jesimote; e desde o sul abaixo das encostas do monte Pisga.

4Também derrotaram Ogue, rei de Basã, um dos remanescentes dos refains que morava em Astarote e em Edrei. 5Ele dominava no monte Hermom, em Salca e em toda a Basã, até a fronteira dos gesuritas e dos maacatitas, e metade de Gileade, até a fronteira de Seom, rei de Hesbom. 6Moisés, servo do Senhor, e os filhos de Israel os derrotaram. E Moisés, servo do Senhor, deu esta terra como propriedade aos rubenitas, aos gaditas e à meia tribo de Manassés.

Os reis vencidos por Josué

7Estes são os reis da terra que Josué e os filhos de Israel derrotaram deste lado do Jordão, na direção do oeste, desde Baal-Gade, no vale do Líbano, até o monte Halaque, que sobe a Seir, e cuja terra Josué deu como propriedade às tribos de Israel, segundo as suas divisões, 8a saber, o que havia na região montanhosa, na Sefelá, na Arabá, nas descidas das águas, no deserto e no Neguebe, onde estava o heteu, o amorreu, o cananeu, o ferezeu, o heveu e o jebuseu: 9o rei de Jericó; o rei de Ai, que está ao lado de Betel; 10o rei de Jerusalém; o rei de Hebrom; 11o rei de Jarmute; o rei de Laquis; 12o rei de Eglom; o rei de Gezer; 13o rei de Debir; o rei de Geder; 14o rei de Horma; o rei de Arade; 15o rei de Libna; o rei de Adulão; 16o rei de Maquedá; o rei de Betel; 17o rei de Tapua; o rei de Héfer; 18o rei de Afeca; o rei de Lasarom; 19o rei de Madom; o rei de Hazor; 20o rei de Sinrom-Merom; o rei de Acsafe; 21o rei de Taanaque; o rei de Megido; 22o rei de Quedes; o rei de Jocneão do Carmelo; 23o rei de Dor, em Nafate-Dor; o rei de Goim, em Gilgal; 24e o rei de Tirza. Ao todo, trinta e um reis.

Josué 12NAAAbrir na Bíblia

Jó critica Bildade

26.1-4

1Então Jó respondeu:

2“Como você sabe ajudar

o que não tem força!

Como você sabe socorrer o braço

que não tem vigor!

3Como você sabe aconselhar

o que não tem sabedoria

e revelar plenitude

de verdadeiro conhecimento!

4Com a ajuda de quem

você profere tais palavras?

E de quem é o espírito

que fala em você?”

Continuação da terceira fala de Bildade

26.5-14

A grandeza do poder de Deus

5“Os mortos tremem

debaixo das águas

com os seus moradores.

6O mundo dos mortos

está desnudo

diante de Deus,

e não há coberta para o abismo.

7Ele estende o norte sobre o vazio

e faz a terra pairar sobre o nada.

8Prende as águas

em densas nuvens,

e as nuvens não se rasgam

debaixo delas.

9Encobre a face do seu trono

e sobre ele estende a sua nuvem.

10Traçou um círculo

sobre a superfície das águas,

no limite entre a luz e as trevas.

11As colunas do céu tremem

e se espantam

diante da sua ameaça.

12Com a sua força dominou o mar

e com o seu entendimento

despedaçou o monstro Raabe.

13Pelo seu sopro o céu se aclarou,

a sua mão feriu a serpente veloz.

14Eis que isto são apenas

as bordas dos seus caminhos!

Dele temos ouvido

apenas um leve sussurro!

Mas o trovão do seu poder,

quem o entenderá?”

Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.6
SIGA A SBB: