Sociedade Bíblica do Brasil
Israel Belo de Azevedo

No vale da sombra | episódio 9

Lugares temporários

“Quando caminhar pelo vale do desconhecido, você encontrará as pegadas de Jesus à sua frente e do seu lado.” (Charles Stanley)

Texto(s) da Bíblia

Deus, o nosso pastor

Salmo de Davi

1O Senhor é o meu pastor;

nada me faltará.

2Ele me faz repousar

em pastos verdejantes.

Leva-me para junto das águas

de descanso;

3refrigera-me a alma.

Guia-me pelas veredas da justiça

por amor do seu nome.

4Ainda que eu ande

pelo vale da sombra da morte,

não temerei mal nenhum,

porque tu estás comigo;

o teu bordão e o teu cajado

me consolam.

5Preparas-me uma mesa

na presença dos meus adversários,

unges a minha cabeça com óleo;

o meu cálice transborda.

6Bondade e misericórdia

certamente me seguirão

todos os dias da minha vida;

e habitarei na Casa do Senhor

para todo o sempre.

Salmos 23NAAAbrir na Bíblia

O vale é um lugar por onde passamos. Nós passamos por lugares temporários. Os vales são temporários.  

O vale da invalidez é temporário. 

O vale da dor é temporário. 

O vale da solidão é temporário. 

O vale da depressão é temporário. 

O vale do desespero é temporário. 

O vale do medo é temporário. 

Se estivermos nele, não podemos esquecer que ele é temporário. 

Se um dia passamos por ele, sabemos que foi temporário. Sabemos também que, quando estávamos lá, Deus estava também. Quando saímos, ele estava ao nosso lado, de igual modo. 

De lá, olhamos para o monte. Desejamos estar no monte. Imaginamos morar lá. 

O monte é um lugar por onde passamos. Nós passamos por lugares temporários. Os montes são temporários. 

O monte da velocidade é temporário. 

O monte do prazer é temporário. 

O monte da alegria é temporário. 

O monte da casa ou a sala cheia é temporário. 

O monte da vitória é temporário. 

O monte da coragem é temporário. 

Se estivemos lá, sabemos que Deus para lá nos levou, conosco lá esteve, mas foi temporário. 

Pode ser que nos leve de volta para lá, mas será temporário. 

O vale é temporário e não devemos desejá-lo. O monte é temporário e é bom que o queiramos. Entre o vale e o monte, descortina-se uma longa planície, o lugar onde mais tempo vivemos e no qual Deus também estáOnde ele estáestá a nossa serenidade, chorando, cantando ou seguindo. Lembremo-nos, portanto, que há lugares temporários e há lugares que são, de fato, os nossos lugares. 

Sociedade Bíblica do Brasilv.4.19.0
SIGA A SBB: