Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

O profeta Balaão

Episódio 9

Em sua caminhada, o povo de Israel chegou perto de um território chamado Moabe. O povo de Israel era muito numeroso. Isso fez com que o rei de Moabe ficasse com medo deles

Texto(s) da Bíblia

O Anjo do Senhor e a jumenta de Balaão

21Balaão levantou-se pela manhã, preparou a sua jumenta e partiu com os chefes de Moabe. 22Mas acendeu-se a ira de Deus, porque Balaão foi, e o Anjo do Senhor se pôs por adversário no caminho dele. Ora, Balaão ia montado na sua jumenta, e dois de seus servos iam com ele. 23A jumenta viu o Anjo do Senhor parado no caminho, com a sua espada na mão; por isso a jumenta se desviou do caminho, indo pelo campo. Então Balaão espancou a jumenta para fazê-la voltar ao caminho. 24Mas o Anjo do Senhor pôs-se num caminho estreito entre as vinhas, havendo muro dos dois lados. 25Quando a jumenta viu o Anjo do Senhor, encostou-se no muro e apertou o pé de Balaão contra ele. Por isso Balaão tornou a espancá-la. 26Então o Anjo do Senhor passou mais adiante e pôs-se num lugar estreito, onde não havia caminho para se desviar nem para a direita nem para a esquerda. 27Quando a jumenta viu o Anjo do Senhor, deixou-se cair debaixo de Balaão. Balaão ficou irado e espancou a jumenta com uma vara. 28Então o Senhor fez a jumenta falar, e ela disse a Balaão:

— O que foi que eu fiz a você, para que você me espancasse já três vezes?

29Balaão respondeu à jumenta:

— Foi porque você zombou de mim. Se eu tivesse uma espada na mão, mataria você agora mesmo!

30A jumenta disse a Balaão:

— Não é verdade que eu sou a sua jumenta, em que você tem montado toda a sua vida até hoje? Será que tem sido o meu costume fazer isso com você?

Ele respondeu:

— Não.

31Então o Senhor abriu os olhos a Balaão e ele viu o Anjo do Senhor, que estava no caminho, com a sua espada desembainhada na mão. Por isso Balaão inclinou a cabeça e se prostrou com o rosto em terra. 32Então o Anjo do Senhor lhe disse:

— Por que você já espancou a sua jumenta três vezes? Eis que eu saí para ser o seu adversário, porque o seu caminho é perverso diante de mim. 33A jumenta me viu e já três vezes se desviou de mim. Se ela não tivesse se desviado, eu teria matado você e a teria deixado com vida.

34Então Balaão disse ao Anjo do Senhor:

— Pequei, porque não sabia que o senhor estava neste caminho para se opor a mim; agora, se parece mal aos seus olhos seguir viagem, voltarei.

35O Anjo do Senhor disse a Balaão:

— Vá com esses homens, mas fale somente o que eu lhe disser.

Assim, Balaão foi com os chefes de Balaque.

36Quando Balaque ouviu que Balaão havia chegado, foi ao encontro dele até a cidade de Moabe, que está nos confins do Arnom e na fronteira extrema. 37Balaque perguntou a Balaão:

— Por acaso não mandei mensageiros para chamá-lo? Por que você não veio até aqui? Será que não posso, de fato, cobrir você de honrarias?

38Balaão respondeu a Balaque:

— Eis que estou aqui diante de você. Mas será que poderei, agora, falar alguma coisa? A palavra que Deus puser na minha boca, essa falarei.

Números 22:21-38NAAAbrir na Bíblia

O rei, então, chamou o profeta Balaão e pediu que ele amaldiçoasse os israelitas. Balaão foi falar com Deus. Deus falou para Balaão não fazer aquilo. Mesmo assim, Balaão foi com os chefes de Moabe, e por isso Deus colocou um anjo no caminho para que Balaão não continuasse. 

Às vezes, as pessoas nos dizem para fazer algo que sabemos que não é certo. Nossa atitude deve ser firme. Devemos saber dizer NÃO quando necessário. E contar aos nossos pais e pessoas em quem confiamos o que está acontecendo. 

Deus nos ensina a agir de acordo com o que é certo e bom. Não importa o que os outros digam! 

Pense por um instante: o que acontece quando você faz algo que sabe que não é para ser feito? O que você deve fazer para evitar que outras pessoas pressionem você a agir da maneira errada? 

Sociedade Bíblica do Brasilv.4.19.0
SIGA A SBB: