Sociedade Bíblica do Brasil

Mais de 166 milhões de textos bíblicos distribuídos em 2022

Mais de 166 milhões de textos bíblicos distribuídos após a COVID em 2022

Mais de 166,4 milhões de textos da Bíblia foram distribuídos no ano de 2022. São cinco vezes mais do que em 2021, aproximando-se dos números alcançados nos anos anteriores à pandemia. Isso demonstra o interesse contínuo no poder transformador da narrativa bíblica e o compromisso extraordinário das Sociedades Bíblicas em levar a esperança da Palavra de Deus a um mundo ainda em crise.

Os dados são do Relatório de Distribuição das Escrituras em 2022, que acaba de ser divulgado pelas Sociedades Bíblicas Unidas (SBU). O documento mostra ainda que, em 2022, foram distribuídos globalmente 7 milhões de Novos Testamentos, 40% a mais do que em 2021. A maioria dos Novos Testamentos foi distribuída no Hemisfério Sul: 5 milhões na Ásia, seguido pela América Central e do Sul e pela África. O continente africano registrou a distribuição de 1,3 milhão de Novos Testamentos.

Outro número importante é o de downloads de Bíblias, que mantém a tendência de aumento. Em 2022, 28% das Bíblias fornecidas foram baixadas da Internet. Em 2021, foram 21%. Algumas regiões mostram uma demanda maior por downloads das Escrituras do que outras regiões, com a América Central e do Sul liderando com mais de 4,2 milhões de downloads da Bíblia, o que representa 42% dos 10 milhões de downloads globais da Bíblia. Na Europa, duas em cada três Bíblias fornecidas foram baixadas; já na Oceania não passaram de duas para cada 25 Escrituras distribuídas. Na soma total, 166,4 milhões de itens bíblicos foram fornecidos em 2022.

Dirk Gevers

Secretário-Geral das SBU

“A distribuição da Bíblia está profundamente enraizada no coração da nossa Fraternidade, assim como a tradução. Garantir que cada pessoa tenha uma Bíblia está intimamente ligado à distribuição eficiente. Nossas cadeias de suprimentos se estendem por todo o mundo, operando diligentemente para cumprir essa missão. Ao distribuir Bíblias, capacitamos indivíduos e comunidades, fomentando o crescimento espiritual e promovendo os valores de generosidade, compaixão e unidade que unem a nossa Fraternidade”.

Os números são compilados a partir dos dados anuais de distribuição das Escrituras informados pelas Sociedades Bíblicas em todo o mundo e das exportações de material bíblico, bem como de downloads pela Internet. A Fraternidade das Sociedades Bíblicas Unidas continua sendo uma das maiores tradutoras e distribuidoras de Escrituras do planeta: cerca de 70% das traduções completas da Bíblia no mundo foram fornecidas pelas Sociedades Bíblicas.

O poder da Fraternidade

Depois de passar por dois anos de interrupção significativa em seus serviços de distribuição, resultando em um impacto direto nos orçamentos e em diversos projetos, as Sociedades Bíblicas em todo o mundo vêm trabalhando incansavelmente para recuperar seu ímpeto. O Fundo de Solidariedade que foi estabelecido durante a pandemia, para fornecer apoio às Sociedades Bíblicas mais afetadas pela crise, continuou funcionando, desempenhando papel vital no período de transição pós-pandemia, que foi seguido pela guerra na Ucrânia e impactou as atividades econômicas em todo o mundo.

Uma residente de um lar para idosos com uma versão impressa em letras gigantes da Bíblia recebida da unidade regional sul da Sociedade Bíblica Ucraniana.

Os esforços de distribuição notáveis em 2022 incluem:

  • A Sociedade Bíblica da Ucrânia distribuiu mais de meio milhão de Bíblias; outro quarto de milhão de Bíblias foi distribuído aos refugiados ucranianos na Europa por outras Sociedades Bíblicas;
  • A Aliança China registrou um aumento nas vendas locais de Bíblias de 1,2 milhão para 1,8 milhão;
  • Camboja dobrou sua distribuição de Bíblias (de 12.865 para 25.694) e Porções (de 19.896 para 36.386) e teve um grande aumento na distribuição de Novos Testamentos, de 1.187 para 202.171;
  • A distribuição do Novo Testamento na Mongólia também registrou um dos níveis mais altos dos últimos anos;
  • República Dominicana aumentou sua distribuição de Bíblias em 83%, de 6.941 para 12.735, e de Novos Testamentos em 131%, de 1,4 para 3,3 milhões;
  • Inglaterra e o País de Gales aumentaram sua distribuição em todos os segmentos - Bíblias (19%); NT (454%); Porções/Seleções (601%); todas as Escrituras locais (337%); downloads da Internet (832%). Um aumento médio geral de 649%.
  • Pela primeira vez em uma década, a Grécia ultrapassou o número de distribuição de Bíblias de 10 mil Escrituras e atingiu a meta de 12 mil em 2022.

Países como a Indonésia e o Quênia sofreram um declínio na distribuição em 2021, mas conseguiram se recuperar em 2022. A Indonésia distribuiu mais Testamentos do que nos anos anteriores - 644.658, em comparação com 28.400 em 2020 e 16 mil em 2021.

Dois mil e vinte e dois também foi um ano eficaz para a distribuição das Escrituras nas comunidades da diáspora. A Sociedade Bíblica do Irã distribuiu na diáspora 75.600 Testamentos depois de não ter conseguido distribuir nenhuma Escritura em 2021, enquanto em 2020 havia conseguido distribuir apenas 9.600.

Mianmar e Paquistão conseguiram recuperar os níveis de distribuição pré-pandêmicos depois de sofrerem um declínio em 2021.

As incertezas econômicas globais continuam a afetar a distribuição bíblica. O aumento dos custos, os atrasos no transporte e os estoques insuficientes significam que a distribuição ainda está em níveis mais baixos do que aqueles pré-pandêmicos. Além disso, em 2022 as Sociedades Bíblicas ainda são afetadas por desafios persistentes na cadeia de suprimentos.

No entanto, os primeiros sinais de recuperação são visíveis, pois tanto a distribuição de textos bíblicos impressos quanto o número de downloads aumentaram em comparação com o ano anterior.

Os dez principais distribuidores da Bíblia

Da mesma forma, no ano passado, quase dois terços (62%) de todas as Bíblias distribuídas em 2022 foram fornecidas pelas Sociedades Bíblicas de dez países. O Brasil lidera a lista de distribuidores com 4,8 milhões de Bíblias. Ele é seguido pelos Estados Unidos (2,6 milhões de Bíblias), Índia (2,5 milhões de Bíblias), Nigéria (2 milhões de Bíblias) e China (1,8 milhão de Bíblias).

Entre os recém-chegados aos dez maiores distribuidores está o Quênia, que distribuiu com sucesso mais de 1 milhão de Bíblias em 2022.

Após uma estagnação devido à Covid-19, a China está novamente entre os cinco maiores distribuidores de Bíblias do mundo, com 1,8 milhão de exemplares entregues em 2022.

Sociedades Bíblicas Unidas (SBU) é uma fraternidade de 156 Sociedades Bíblicas que trabalham em 240 países e territórios. Juntas, elas são as maiores tradutoras, editoras e distribuidoras de Bíblias do mundo. As Sociedades Bíblicas também atuam em áreas como prevenção de HIV/AIDS, cura de traumas e alfabetização. As Sociedades Bíblicas trabalham com todas as igrejas cristãs e com muitas organizações não governamentais internacionais. Para obter mais informações, acesse: http://www.unitedbiblesocieties.org/

Sociedade Bíblica do Brasilv.4.18.6
SIGA A SBB: