Sociedade Bíblica do Brasil
Sociedade Bíblica do Brasil

Razões para não desistir | episódio 3

Às vezes, a tristeza é tão grande que parece insuportável. Percebemos que a vida é dura e desejamos que se abrevie.
Pode ser difícil falar sobre isso, porque tem gente que relaciona esse sentimento com fraqueza ou falta de fé. Outros acham que ele nasce de uma mente vazia ou ociosa. Esqueça o que eles dizem.

Texto(s) da Bíblia

4Ao deitar-me, pergunto:

quando me levantarei?

Mas a noite é longa,

e estou farto de me virar na cama,

até o amanhecer.

5O meu corpo está

vestido de vermes

e de crostas terrosas;

a minha pele racha

e de novo forma pus.

6Os meus dias são mais velozes

do que a lançadeira do tecelão

e se findam sem esperança.

7Lembra-te, ó Deus, de que

a minha vida é um sopro;

os meus olhos não tornarão

a ver a felicidade.

8Os olhos de quem agora me vê

não me verão mais;

os teus olhos me procurarão,

mas já terei desaparecido.”

Jó 7:4-8NAAAbrir na Bíblia
Jesus encoraja a oração

7— Peçam e lhes será dado; busquem e acharão; batam, e a porta será aberta para vocês. 8Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, a porta será aberta.

Mateus 7:7-8NAAAbrir na Bíblia

7Palavras bonitas

não ficam bem ao insensato;

muito menos a mentira

na boca do príncipe!

Provérbios 17:7NAAAbrir na Bíblia

Jó, em sua dor, expressou inúmeras vezes, de formas bem intensas e claras, o desejo de morrer. Embora jamais tenha atribuído a Deus a sua condição, ele não queria seguir sofrendo — nem no corpo, nem na alma. 

Os amigos de Jó o julgaram, culpando-o por sua situação. Mas a história nos mostra que eles estavam completamente enganados.  

A Bíblia nunca disse que aquele que crê em Deus está livre de sofrimentos. É um equívoco pensar assim. Parte da experiência humana é aceitar a inevitabilidade do sofrimento em algum momento da vida, e contar com o apoio de Deus e das pessoas que estão ao redor para vencer essa situação. 

A Palavra de Deus diz que todo aquele que busca, encontra, e a quem bate, a porta será aberta. Se precisarmos de apoio, é preciso esforçar-nos para pedi-lo. Busquemos entes queridos ou amigos; busquemos ajuda especializada; compartilhemos o que está dentro do peito.  

Se você está vendo alguém nessa situação, mas que não consegue se aproximar e pedir ajuda, tome a iniciativa. Ofereça seu ombro e seu apoio sem acusações. Não seja como os amigos de Jó. Ouça, não julgue. 

Lembre-se: “O amigo ama sempre e na desgraça ele se torna um irmão” (Provérbios 17.17). Essa é outra razão para não desistir! 

Sociedade Bíblica do Brasilv.4.19.1
SIGA A SBB: